Retirado cartaz do hotel da Ponte das três Entradas

Construtora Santovaiense terá recebido garantias de arranque das obras e retirou cartaz que chamava a atenção para a falta de água e esgotos e impedia conclusão de hotel

A Construtora Santovaiense já retirou, depois da notícia do Correio da Beira Serra a denunciar o caso, o cartaz que tinha colocado no hotel de três estrelas que tem praticamente concluído na localidade da Ponte das Três Entradas, concelho de Oliveira do Hospital. O placar colado numa janela referia que a unidade hoteleira apenas não estava pronta a abrir as portas, porque a parte que competia à autarquia em termos de infra-estruturas de água e esgotos tardavam a realizar-se. O “CBS” avançou ontem com a notícia e hoje pela manhã o cartaz, onde se podia ler “Investimento parado por falta de água e esgotos” foi retirado. Os responsáveis pela obra recusam-se a prestar mais declarações sobre o assunto, mas alegadamente terão recebido garantias que as obras vão finalmente arrancar.

Anteontem, de resto, quando o CBS procurou saber a razão da empresa ter colocado aquele cartaz, um dos dois promotores, António Nunes, garantiu que pretendia chamar a atenção para um problema que se arrastava há muito tempo. Sublinhou que estava sofrer muitos prejuízos e que via forma da autarquia ou da empresa que ganhou o concurso resolverem o problema. Mas deixou desde logo uma promessa: “Logo que me garantam que a obra arranca tiro imediatamente aquilo”.

Ao que o CBS conseguiu apurar, junto de fontes próximas da empresa construtora, terá sido isso que aconteceu e que o início das obras deve acontecer no início de Setembro. Na altura, António Nunes, disse também que apenas tinha escrito a verdade. “É a realidade. Trata-se de um investimento de cerca de dois milhões de euros que é completamente privado, caso contrário, se tivéssemos de pagar juros aos bancos, a obra já tinha desaparecido”, referiu.

A unidade, classificada com três estrelas e que se irá chamar Hotel Italva, já está equipada com cozinha e lavandaria, só faltando mobilar os 15 quartos. Este empreendimento turístico irá criar dez novos postos de trabalho directos numa fase inicial. Recorde-se que os sócios da Construtora Santovaiense procuraram com este investimento diversificar as suas área de negócios.

 

LEIA TAMBÉM

Tomada de posse dos órgãos autárquicos marcada pela tragédia dos incêndios e presidente reeleito aposta em “fazer renascer Oliveira do Hospital”

Não foi uma tomada de posse normal dos novos responsáveis pelo munícipio. Os discursos inflamados …

António Lopes apresenta denúncia no MP contra as autoridades do concelho oliveirense por entender que pode existir “crime de homicídio por negligência” na tragédia dos incêndios

O eleito à Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, António Lopes, apresentou ontem uma denúncia …

  • Leitor

    Afinal, o CBS ainda vale alguma coisa, saiu a noticia e a Câmara tratou logo de resolver o problema.
    Toca a denunciar. Que não se esqueçam de baixar as tarifas da água.

  • Jornalistas em Barda

    Isto está o máximo.Tudo virou jornalista!!! Lendo o Folha do Centro e lendo os comentários do Facebook, do Rolo, do Nuno Ribeiro e do Ricardo Figueiredo, fica-se na dúvida se foi o jornal que deu a dica aos jornalistas se foram os “jornalistas” a fazer a notícia do Folha..! Não sei como é possível haver quem tenha um código de conduta e se “conduza” assim! Como não percebo que haja quem se arroge de valores e se preste a semelhante coisa…

  • Santovaiense

    Isto é engraçado, quem fez a maioria das redes de água e saneamento no Distrito, foram empresas de Santa Ovaia, agora na Freguesia não se conseguem fazer.
    Dá para compreender a frase: “Toda a gente faz aquilo que lhe deixam fazer”. Pois se estivesse na mão dos Santovaienses, já estava feito. E bem.