Cordinha adere a programa Comenius e atinge dimensão internacional

 

A Escola Básica Integrada da Cordinha abriu as suas portas à Europa, no âmbito do programa Comenius, financiado pela União Europeia, e que consiste numa parceria multilateral que envolve outras seis escolas europeias.

O projeto agora aprovado pela Agência Nacional do Programa Aprendizagem ao Longo da Vida, da União Europeia, tem como objetivos fundamentais dinamizar os intercâmbios entre realidades diferentes e proporcionar a alunos e professores a interação com os seus pares dos países envolvidos.

A partir de setembro e durante os próximos dois anos lectivos, a EBI da Cordinha vai desenvolver atividades com escolas da Holanda, Polónia, Turquia, Itália, Roménia e Espanha.

Para o efeito, será definido um calendário de visitas de trabalho e um vasto programa de atividades sob o tema comum “Guardiães da Biodivesidade”.

Bandeira solidária da Cordinha chega a África

Paralelamente, o Agrupamento da Cordinha prossegue o seu projeto Cordinha Solidária, preparando-se para enviar para a Província do Niassa, Moçambique, as ajudas recolhidas ao longo do ano letivo em diversas iniciativas.

Através deste gesto, a comunidade escolar contribui para a aquisição de equipamentos básicos para um centro de saúde, redes mosquiteiras infantis e consumíveis de enfermagem.

Marcada para agosto, a entrega dos donativos às comunidades locais vai ser feita por dois professores do Agrupamento no decurso da expedição Lago Niassa Kayaking 2011.

Desta forma, os docentes fazem chegar a bandeira solidária da Cordinha à população de uma das zonas mais remotas e menos desenvolvidas de África.

LEIA TAMBÉM

Os pais da exclusão… Autor: Renato Nunes

Biblioteca Nacional de Lisboa, 29 de Setembro de 2017. Depois de mais um dia de …

Coligação liderada pelo CDS preocupada com empreitada da retirada do amianto das escolas de Oliveira do Hospital

A Coligação Construir o Futuro (CDS-PP / MPT / PPM) está “preocupada e apreensiva” com …