Cordinha realiza Expo-escolas com cariz solidário

 

… para o equipamento de uma sala destinada a acolher um aluno portador de multideficiência.

Porque “não faz mal ser diferente”, o Agrupamento de Escolas da Cordinha, em Ervedal da Beira, associou a realização da habitual Expo-Escolas, que decorre entre 14 e 17 de junho, a uma causa solidária.

Em causa está o apoio que aquela escola pretende garantir ao pequeno Alexandre, um menino de seis anos que frequenta o jardim de infância do Agrupamento de Escolas da Cordinha e que no próximo ano letivo vai integrar o 1º CEB naquela escola. Um apoio que a escola não está em condições de garantir devido às necessidades do menino, enquanto portador de multideficiência, e que exige um acompanhamento educativo especializado.

Na prática, o que a direção da EBI da Cordinha pretende é angariar fundos para criar uma sala adequada às suas limitações, similar a uma pequena unidade de multideficiência e adquirir material didático para que o menino usufrua das melhores condições no seu percurso escolar.

Para o efeito, a escola está a dinamizar um conjunto de iniciativas, com destaque para a Expo-Escolas que começa amanhã e decorre até domingo e onde as verbas resultantes do bar, venda de rifas e outras atividades vão reverter para a causa solidária de apoio ao pequeno Alexandre.

Entendida já como um marco do Agrupamento de Escolas da Cordinha, a Expo-Escolas assinala o encerramento do ano escolar e, ao mesmo tempo, serve de mostra ao que de melhor se fez naquele território educativo no período letivo que agora termina.

Um evento a que também está associada a entrega do prémio Cordinha que, no próximo dia 15 de junho, pelas 19h00, vai ser atribuído a José Carlos Alexandrino, docente e anterior diretor daquele agrupamento de escolas e que, desde 2009 ocupa a presidência da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

Entre 14 e 17 de junho são várias as iniciativas que vão decorrer no âmbito da Expo-Escolas, com destaque para sessões de teatro, sarau gímnico, chuva de estrelas, apresentação da marcha da Cordinha, animação musical, passeio pedestre, entre outras iniciativas, sempre com entrada livre.

LEIA TAMBÉM

Jovens cientistas da EPTOLIVA de Tábua desenvolvem Compósito Antisséptico e conquistam segundo lugar na XI Mostra Nacional de Ciência

Jovens estudantes da Eptoliva, na Tábua, no distrito de Coimbra, desenvolveram uma solução desinfectante a …

A escola ou a escolinha (?). Autor: António Ferro.

Durante várias décadas, fui assistindo às mudanças (algumas drásticas e escusadas) no sistema de ensino …