Coronel expulsa inquilinos da Casa do Brasileiro por alegada prostituição

O ex-vereador do PS na Câmara Municipal de Oliveira do Hospital expulsou os novos inquilinos da Casa do Brasileiro, onde estaria a funcionar um negócio ligado à prática da prostituição. A garantia foi dada ao correiodabeiraserra.com, pelo próprio coronel, na passada quarta-feira: “Já está tudo resolvido…tratei disso logo no dia em que me ligaram e mandei-os embora”.

Recorde-se que o novo arrendamento, já sem efeito, aconteceu poucos dias depois de o proprietário, ter mandado arrombar as portas de acesso ao interior da já célebre Casa do Brasileiro, em Senhor das Almas.

Tudo estaria normal, não tivesse a conhecida casa estado ligada a um anterior contrato de arrendamento, em que os inquilinos mantinham de pé um negócio ligado à prostituição e que tanta polémica gerou. Também com os novos inquilinos, o negócio em vigor voltava a envolver meninas – “trajadas a rigor” – que iam aliciando os clientes.

A base do negócio assentava na sedução e era semelhante àquela que existe em inúmeras casas do país. Ou seja: o cliente paga um copo à companheira por um valor de algumas dezenas de euros e, em troca, vai namoriscando. Em muitas destas casas – por vezes de forma dissimulada –, existe também a possibilidade de praticar sexo, na verdadeira acepção da palavra. É tudo uma questão de números…

 “Outra vez? Porra! Não pode ser…vou já lá amanhã saber disso. Então ainda agora acabei de sair de uma e ia meter-me noutra. Vou saber disso”, afirmou ao Correio da Beira Serra o proprietário do imóvel, após ter sido confrontado com a situação por este jornal.

Ribeiro de Almeida alegou desconhecer a situação e mostrou-se pouco convicto quanto à possibilidade de a casa dos antepassados da esposa estar outra vez nas “bocas do mundo”. Aquele ex-vereador do PS, que cessou funções no início de Novembro, revelou ainda estar convencido de que os novos inquilinos estariam a utilizar um espaço na área da restauração.

Contudo, e de acordo com o que o CBS apurou, o interior do imóvel está tal e qual como foi deixado pelos anteriores arrendatários, incluindo a pista de dança com o tradicional varão metálico.

Henrique Barreto

LEIA TAMBÉM

Dominado fogo que hoje se reacendeu em Tábua

O incêndio florestal que deflagrou na terça-feira no concelho de Tábua, que esteve em fase …

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Incêndio de Tábua reacendeu-se e mobiliza centenas de bombeiros

O incêndio que ontem deflagrou em Tábua, está novamente activo. O reacendimento aconteceu ao início da tarde …