Corpo do idoso de Lagos da Beira desaparecido em Janeiro estava em elevado estado de decomposição

O corpo de António Benedito, o idoso, de 81 anos, que, em Janeiro, desapareceu em Lagos da Beira, concelho de Oliveira do Hospital, apareceu ontem por detrás da empresa Sotragan, na zona Industrial de Oliveira do Hospital. O alerta para a GNR foi dado, pelas 11h45, por uma senhora que passava pela zona com um cão, quando se deparou com o cadáver em elevado estado de decomposição, a cerca de 100 metros de um ribeiro. O reconhecimento foi feito pelas roupas que coincidiam com aquelas que António Benedito vestia quando saiu pela ultima vez de casa, no dia 14 de Janeiro.

No local estiveram a GNR e os Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital, bem como a delegada de saúde. O corpo foi depois de recolhido transportado para ser realizada a autópsia que permita determinar as causas da morte.

António Benedito, de 81 anos, sofria de Alzheimer, saiu de casa na manhã de quarta-feira, dia 14 de Janeiro, e não voltou a regressar. O alerta do desaparecimento, recorde-se, foi comunicado aos bombeiros às 11h00 do dia seguinte, momento a partir da qual foram iniciadas as buscas. Os trabalhos prolongaram-se até ao final do dia de sábado, altura em que as buscas foram interrompidas.

Os grupos de buscas contaram, entre outros elementos, com a participação de equipas cinotécnicas ou os GIPs da GNR. Na altura, as autoridades garantiram que todo o perímetro foi visto e revisto sem sucesso. Depois de interrompidas as buscas, o caso continuou sob alçada da GNR.

LEIA TAMBÉM

Atropelamento mortal em Candosa, concelho de Tábua

Mulher morreu hoje em Oliveira do Hospital vítima de atropelamento na EN17 junto ao Lidl

Uma mulher, com 60 anos, morreu ao final da manhã de hoje na sequência de …

João Paulo Albuquerque acusa PS por não concluir IC6, pelo menos, até 2030

João Paulo Albuquerque considera que o IC6 não é uma prioridade, mas sim uma necessidade …