Corpo do oliveirense que se atirou ao rio foi resgatado ao final da tarde

… a meio da tarde de ontem se atirou ao Rio Mondego, em Tábua.

 

O corpo de José António Nascimento, empresário oliveirense e com ligações ao futebol, foi retirado do Rio Mondego, pelas 18h20, por elementos dos Bombeiros sapadores de Coimbra que desde a tarde de ontem procediam às buscas sob a Ponte da Pedra da Sé, no vizinho concelho de Tábua.

De acordo informações prestadas por uma fonte da GNR à agência Lusa, o homem foi retirado do local que já tinha sido sinalizado por um cão da equipa cinotécnica da GNR.

“Um dos nossos cães já tinha dado sinal” da presença do corpo naquela zona, acrescentou a fonte da GNR, indicando que o cadáver foi depois levado para o Instituto Nacional de Medicina Legal, em Coimbra.

Participaram nas buscas, no rio e nas margens, interrompidas na sexta-feira ao fim do dia e retomadas hoje de manhã, mergulhadores da GNR, dos Bombeiros Sapadores de Coimbra, Voluntários de Viseu e de Penacova, apoiados por quatro botes, entre outros meios de socorro.

Recorde-se que os trabalhos de resgate do corpo tiveram início quando uma equipa dos bombeiros Voluntários de Tábua deu resposta  um pedido de socorro de um familiar do homem que se atirou ao Rio. Só no local, é que os bombeiros tomaram conhecimento do sucedido e acionaram todos os meios necessários à recuperação do corpo que, àquela hora, cerca das 16h00, ainda boiava no Rio Mondego.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …