Corporação distinguiu bombeiros

 

Numa cerimónia onde o nome do falecido comandante Manuel Gouveia Serra vai continuar, para sempre, a ser recordado, o presente maior vai para os bombeiros, que ano após ano, assistem ao reconhecimento do trabalho prestado.

A Marco Brito, Bombeiro de 2ª na corporação de Oliveira do Hospital, coube o prémio Manuel Gouveia Serra no valor de 750 Euros e instituído pela Câmara Municipal no sentido de distinguir o bombeiro do ano.

No entanto, as distinções não se esgotaram no jovem bombeiro que foi admitido naquele corpo ativo em dezembro de 1998.

Pelos 37 anos de serviço na corporação oliveirense, o chefe do quadro de honra António Gonçalves recebeu ontem o crachá de Ouro da Liga de Bombeiros Portugueses.

Sujeito a igual distinção esteve também António Faria, sub-chefe na corporação, pelos 36 anos de desempenho nos bombeiros de Oliveira do Hospital.

Numa cerimónia onde fizeram eco as dificuldades com que se batem os bombeiros de todo o país, houve ainda a registar o ingresso de oito elementos na carreira de bombeiros e a atribuição de condecorações de grau prata e ouro.

Pelos 10 anos de serviço na corporação, Samanta Correia, Telmo Costa e Tânia Costa foram distinguidos com a medalha de prata. Já o sub-chefe Daniel Martins viu o trabalho de 20 anos reconhecido com a medalha de ouro.

Atrair novos jovens ao corpo de bombeiros é um dos objetivos do comando e direção da corporação da cidade que tem em funcionamento a “escolinha de bombeiros” e tem vindo a realizar um trabalho de sensibilização junto das escolas. “A Associação comemora 90 anos, mas não queremos que fique envelhecida, mas antes que mantenha a sua vitalidade”, teve oportunidade de referir o comandante Emídio Camacho.

LEIA TAMBÉM

José Carlos Alexandrino acusa Governo de discriminação na ajuda pós-incêndios

O presidente da câmara de Oliveira do Hospital acusou o Governo de estar a discriminar …

Presidente da CM de Oliveira do Hospital indignado por FPF esquecer Coimbra e quer jogo de solidariedade da selecção naquela cidade

O presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, criticou a Federação Portuguesa …