Academia das Ciências de Lisboa homenageou Pina Martins

 Esta homenagem, que se destinou a assinalar a passagem do 90º aniversário daquele grande vulto da cultura portuguesa, oriundo de Penalva de Alva, concelho de Oliveira do Hospital, contou com a participação de destacadas figuras ligadas aos meios académicos.

Pina Martins – um catedrático jubilado da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa – foi presidente daquela Academia entre 1990 e 2006. Foi ainda alto funcionário da Fundação Calouste Gulbenkian, onde chegou a exercer os cargos de director dos Serviços de Educação e director da Delegação de Paris.

Tido como um dos maiores investigadores e conhecedores portugueses do Humanismo Renascentista,  para o conceituado escritor Lobo Antunes, membro da Academia Pedro Hispano – Pina Martins foi distinguido em 2008 com o 1º prémio instituído por aquela academia – em causa está “uma figura ímpar da cultura portuguesa, na qual infelizmente tem sido tão pouco conhecida, tão pouco respeitada, tão pouco amada”.

 

LEIA TAMBÉM

Cid Teles, a cigarra do Triste Fado: Notas conclusivas. Autor: Renato Nunes.

Quando Cid Teles faleceu, em 2009, tinha já completado a provecta idade de 98 anos. …

Cid Teles, a cigarra do Triste Fado: Na imprensa. Autor: Renato Nunes

Se compulsarmos o arquivo de A Comarca de Arganil, que já foi parcialmente disponibilizado em …