Derrocada constitui perigo em estrada de S. Sebastião da Feira

… que suportava a estrada não resistiu ao temporal e parte da via, no sentido ascendente, ruiu.

Desde a madrugada de sábado, 19 de janeiro, que a circulação na estrada que liga a freguesia de Penalva de Alva à de S. Sebastião da Feira se processa de forma condicionada. O trânsito pesado está impedido de circular em qualquer sentido da estrada, sendo apenas permitida a circulação de ligeiros e transportes coletivos, como é o caso dos autocarros escolares que se dirigem ao Agrupamento de Escolas do Vale do Alva.

Uma situação que resulta da derrocada ocorrida na noite de 18 para 19 de janeiro na via, numa zona de curva, situada logo à entrada da localidade de S. Sebastião da Feira, no sentido Penalva de Alva – Ponte das Três Entradas.

De acordo com uma popular, a derrocada da cortina em pedra e das terras que sustentavam a via, no sentido ascendente, terá ocorrido logo às primeira horas da madrugada.

“Às quatro da manhã aquilo já tinha acontecido”, contou uma moradora ao correiodabeiraserra.com, revelando que a derrocada terá sido provocada pelo excesso de chuva que se infiltrou numa físsura da cortina de pedra.

Uma explicação que também é válida para o presidente da Junta de Freguesia de S. Sebastião da Feira que, a este jornal, recordou que a estrutura que suportava a via ficou danificada desde que, naquele local, ocorreram dois acidentes de viação. “A estrutura ficou fragilizada”, refere Adelino Coelho, que, apesar da ocorrência, se revela satisfeito por a derrocada ter acontecido durante a noite, não vitimizando nenhum popular. “Foi uma sorte”, desabafou o autarca que não sossega enquanto não vir o problema resolvido.

De acordo com Adelino Coelho, logo que a derrocada foi perceptível foram desencadeados os procedimentos de segurança. “Vedámos a via em perigo e proibimos o trânsito pesado”, recorda, notando porém a situação de perigo que se continua a verificar, desde há quase duas semanas, naquela que é a principal estrada da freguesia e onde os condutores também não tomam as devidas precauções. “As pessoas deveriam ter noção de que está ali aquele problema”, sustenta o presidente da Junta de Freguesia que teme pelos condutores que não se afastem o suficiente da barreira que ali foi criada até que a via seja reparada.

Do mesmo modo o autarca não deixa de se revelar preocupado com o facto de a estrada continuar a ser utilizada pelo autocarros escolares, tranquilizando porém os pais, com a garantia de que o lado da via que está a ser utilizado “é seguro”. “No outro lado, a barreira já é dura”, refere o autarca que disse ter hoje mesmo recebido a informação da Câmara Municipal de que o arranjo da cortina que sustenta a via deverá arrancar no imediato. “Estavam à espera de orçamentos e hoje informaram que já tiveram a melhor proposta e que vão avançar com os trabalhos dentro em breve”, referiu, sublinhando também a preocupação que, desde a primeira hora, foi manifestada pelo município no sentido de minimizar o perigo e resolver a situação da melhor forma possível.

O estado em que se encontra a estrada deixou todos os moradores em estado de alerta e receosos relativamente à possibilidade de outras derrocadas. Uma situação hoje testemunhada por este diário digital a propósito de uma ravina, contígua a várias habitações e que ameaça ruir sobre a mesma estrada. “ Já avisei várias vezes a Câmara”, referiu também o presidente da Junta de Freguesia, alertando para o facto de algumas árvores já estarem a tombar para via e de as raízes estarem a abrir físsuras no terreno.

“Com outra chuvada aquilo pode vir tudo abaixo e alguém pode ter algum azar”, avisa Adelino Coelho, “escaldado” que já está com a situação ocorrida no recente temporal e com outro caso de derrocada registado no mesmo dia numa via pedonal localizada junto à ponte, à saída da localidade.

LEIA TAMBÉM

Cemitério de Nogueira do Cravo vai ser ampliado

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital aprovou na sexta-feira o alargamento do cemitério de …

LMAN promove “peregrinação” ao Santuário de Nossa senhora das Preces em Vale de Maceira

A Liga de Melhoramentos Desporto e Cultura de Aldeia de Nogueira (LMAN) vai realizar no …