Desemprego aumentou 22 por cento comparativamente a Maio de 2009

O Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) divulgou hoje os números do desemprego em Portugal. O cenário é muito pouco animador, e Oliveira do Hospital e Seia são os dois municípios da região com maior número de desempregados.

De acordo com os dados tornados públicos pelo IEFP, em Oliveira do Hospital o desemprego aumentou 22 por cento face a Maio de 2009 e 7 por cento em relação ao mês anterior.

No final de Maio de 2010, estavam inscritas no Centro de Emprego de Arganil 905 pessoas. Em Seia, o número é de 1.613 desempregados.Note-se que em termos nacionais, registou-se uma descida de 1,8 por cento.

Com uma taxa de desemprego muito superior à média nacional, estes números pecam ainda por defeito, uma vez que em Oliveira do Hospital – na sequência dos processos ligados ao encerramento das unidades de confecção HBC e NVA – existem mais de 200 trabalhadores com os contratos suspensos e que não constam das estatísticas.

O mesmo acontece com algumas centenas de desempregados que se encontram a frequentar cursos de formação promovidos pelo IEFP e que, enquanto esse processo decorrer, também não aparecem nos registos do desemprego.

LEIA TAMBÉM

AVMISP avisa, após reunião Marcelo Rebelo de Sousa, que falta de apoios pode levar empresas afectadas pelos incêndios a encerrar

A Associação das Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP) lamentou hoje, na …

Ano de 2017 foi o melhor de sempre para o turismo no Centro de Portugal

O ano de 2017 foi o melhor de sempre para a atividade turística no Centro …