Desemprego continua a descer em Oliveira do Hospital

Depois de em Janeiro ter atingido números nunca antes vistos em Oliveira do Hospital (1261), o desemprego mantém a tendência de decréscimo. No último mês a descida foi na ordem dos dois por cento.

Oliveira do Hospital fechou o mês de maio com 1075 desempregados. Menos duas dezenas do que aqueles que foram registados no mês de abril, mantendo-se assim a tendência de diminuição a que se começou a assistir em fevereiro.

Os últimos dados divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) dão conta de uma descida sentida sobretudo nos homens que passaram de 577 para 564 em situação de desemprego. Também entre as mulheres se verifica uma ligeira descida, tendo passado de 518 inscritas no IEFP para 511. Uma redução que não leva ainda em conta a situação em que se encontram os mais de 20 trabalhadores da empresa Socongo, que pelo facto de ter avançado com a suspensão dos contratos de trabalho, não entram na lista de desempregados contabilizados pelo IEFP. Os números gozam, porém, do facto de perto de meia centena de oliveirenses, na maioria mulheres terem sido admitidas na nova unidade de confeções em laboração no concelho, a Olijeans.

Ainda num olhar aos recentes dados disponibilizados pelo IEFP, é possível verificar que do conjunto de 1075 desempregados, 58 por cento se encontram há menos de um ano em situação de desemprego. 90,5 por cento procuram novo emprego e apenas 9,5 por cento se encontram em busca de uma primeira oportunidade de emprego.

Na região, a tendência de diminuição do desemprego também está a ser sentida por Gouveia (passou de 931 em abril para 859 em maio), Nelas (de 927 para 876) e Seia (de 1554 para 1494). Em Arganil, o desemprego registou uma subida, passando de 712 para 726. O mesmo aconteceu em Tábua, onde os números do desemprego passaram de 761 para 784.

LEIA TAMBÉM

Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

PJ deteve em Coimbra autor de crimes de homicídio, na forma tentada e de roubo

A Polícia Judiciária deteve um homem pela presumível prática de um crime de homicídio, na …

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Filho preso por suspeitas de ter matado mãe com martelo em Viseu

O homem de 37 anos suspeito de ter matado a mãe em Santarinho, no concelho …

  • miguel

    Pois esta a descer cada vez o concelho de oliveira do hospital tem mais emigrantes, nem os achadiços querem nada com essa terra.

  • miguel

    Bem também temos um caso engraçado ou seja vários, os patrões agora tiram 25% do vencimento aos trabalhadores. Quem, perguntem aos empregados da Midoconta, esse Julinho vai para grandes jantaradas e não só e os escritórios dele, Arganil, oliveira do hospital, Midões e Seia, pimba menos 25% no salario e não comentes senão rua. Deixa-te andar Julinho que um destes dias vais ter uma Lapua atras de ti. Vai aguardando…