Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

Detido incendiário florestal no concelho de Coimbra

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 19 anos, solteiro, estudante e bombeiro voluntário, pela presumível prática de cinco crimes de incêndio florestal no concelho de Coimbra.

Os incêndios tiveram lugar em terreno povoado de mato, eucaliptos e pinheiros, tendo ardido uma área aproximada de 20 000 metros quadrados, no total, só não tendo atingido maiores proporções devido à pronta intervenção dos bombeiros.

O suspeito colocou os incêndios utilizando chama directa (isqueiro) e actuou num quadro de atracão pelo fogo e pelo desejo de participar no respectivo combate. O detido ficou em prisão preventiva.

 

LEIA TAMBÉM

Presidente da República a caminho de Oliveira do Hospital e António Costa reunido com presidentes de Câmara naquela cidade

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, está a caminho de Oliveira do Hospital …

PSA Mangualde interrompe produção devido aos incêndios

A fábrica da Citroën, do grupo PSA, em Mangualde, interrompeu a produção devido aos incêndios …