Detido incendiário florestal em Penacova

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 33 anos, solteiro, operador de motosserra, pela presumível prática de um crime de incêndio florestal, ocorrido no passado sábado em S. Miguel de Poiares. O terreno era povoado com eucaliptos, pinheiros e azinheiras, acabando por arder uma área com cerca de cinco hectares.

A Polícia Judiciária, que contou com a colaboração da GNR de Vila Nova de Poiares, refere que o suspeito actuou num quadro de alcoolismo e utilizou um isqueiro para atear o incêndio. Este ano, a PJ já identificou e deteve 43 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

LEIA TAMBÉM

Quem compra pássaros? Autor: Renato Nunes.

Todos os sábados, quando ainda mal amanhece, saio de casa em direcção ao mercado semanal. …

frio

Chuva poderá regressar na próxima quarta-feira

O tempo seco vai continuar, pelo menos, até à próxima quarta-feira, altura em que poderá …