Detido incendiário florestal em Penacova

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 33 anos, solteiro, operador de motosserra, pela presumível prática de um crime de incêndio florestal, ocorrido no passado sábado em S. Miguel de Poiares. O terreno era povoado com eucaliptos, pinheiros e azinheiras, acabando por arder uma área com cerca de cinco hectares.

A Polícia Judiciária, que contou com a colaboração da GNR de Vila Nova de Poiares, refere que o suspeito actuou num quadro de alcoolismo e utilizou um isqueiro para atear o incêndio. Este ano, a PJ já identificou e deteve 43 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

LEIA TAMBÉM

IP3 cortado na zona de Penacova devido a avaria de pesado

A avaria de um pesado, pelas 14 horas, provocou o corte do trânsito no IP3, …

Denuncia do grupo do empresário Fernando Tavares Pereira coloca IMT sob investigação do DIAP

Duas empresas do grupo Tavfer, do empresário Fernando Tavares Pereira, a CIMA – Centro de …