Detido incendiário florestal em Penacova

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 33 anos, solteiro, operador de motosserra, pela presumível prática de um crime de incêndio florestal, ocorrido no passado sábado em S. Miguel de Poiares. O terreno era povoado com eucaliptos, pinheiros e azinheiras, acabando por arder uma área com cerca de cinco hectares.

A Polícia Judiciária, que contou com a colaboração da GNR de Vila Nova de Poiares, refere que o suspeito actuou num quadro de alcoolismo e utilizou um isqueiro para atear o incêndio. Este ano, a PJ já identificou e deteve 43 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

LEIA TAMBÉM

Ano de 2017 foi o melhor de sempre para o turismo no Centro de Portugal

O ano de 2017 foi o melhor de sempre para a atividade turística no Centro …

Uma insólita invasão de javalis na cidade de Viseu

Uma ‘praga’ de javalis tem invadido todas as noites a cidade de Viseu, revela o …