PJ deteve suspeito de atear mais de 50 fogos em Seia, Guarda e Nelas

Detido incendiário florestal em Viseu

A Polícia Judiciária (PJ), em colaboração do Núcleo de Protecção Ambiental da GNR de Viseu, deteve um homem, casado, reformado, pela presumível prática de um crime de incêndio florestal, ocorrido no dia 21 do corrente mês no concelho de Viseu. O detido, de 53 anos de idade, foi sujeito a internamento psiquiátrico, em regime fechado.

O incêndio consumiu cerca de 100m2, em zona de terreno florestal, povoado com mato, pinheiros bravos e eucaliptos, próximo da zona urbana de Fragosela de Cima, Viseu, tendo o suspeito usado um isqueiro para fazer a respectiva ignição.

No decurso do corrente ano a Polícia Judiciária já identificou e deteve 52 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

LEIA TAMBÉM

Actualização do recenseamento eleitoral para as autárquicas terminou hoje

A actualização do recenseamento eleitoral está suspensa a partir de hoje e até dia 1 …

Quatro fogos activos, incluindo um no Parque Natural da Serra da Estrela e outro na Pampilhosa

Detido suspeito de atear fogo florestal de Mangualde

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem pela presumível prática de …