Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

Detido vendedor ambulante que intimidava e coagia vítimas com recurso a armas de fogo

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, identificou e deteve um homem, vendedor ambulante, presumível autor da prática de vários crimes de coação grave e de ofensa à integridade física qualificada, na forma tentada, com uso de armas de fogo, ocorridos em ocasiões distintas, entre maio e novembro do corrente ano, na zona de Mangualde.

“Como forma de intimidar e coagir as vítimas, o suspeito passava, durante a noite, em frente à sua residência e, usando vários tipos de armas de fogo, efetuava disparos contra a casa ou contra o veículo dos lesados, causando-lhes avultados prejuízos materiais, mas sobretudo, medo, inquietação e perigo para a integridade física e para a vida”, refere a PJ em comunicado.

Na sequência de diligências probatórias efetuadas a Polícia Judiciária apreendeu um veículo e outros objetos relacionados com a prática dos crimes.

O detido, de 38 anos de idade e já com antecedentes policiais, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de apresentações periódicas no posto policial da área da sua residência, proibição de se ausentar para o estrangeiro e de se aproximar de casa das vítimas.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …