DGS diz que vacina da BCG só deve estar totalmente disponível em Agosto

A Direcção-Geral da Saúde alerta que estão a verificar-se dificuldades a nível europeu no fornecimento da vacina BCG, contra a tuberculose, mas assegura que a situação deve ser normalizada até Agosto.

A vacinação contra a tuberculose (BCG) pode vir a ser temporariamente interrompida por problemas de produção, no único laboratório que fabrica esta vacina para a Europa – um laboratório público da Dinamarca”, lê-se num comunicado assinado pelo director-geral da Saúde.

Francisco George explica que por não haver nenhum outro produtor europeu e sendo “limitada a disponibilidade de vacinas” é preciso “aguardar a normalização da produção”. “A empresa que distribui a vacina BCG em Portugal informou que prevê a regularização do fornecimento no início de Agosto. Poderão ocorrer constrangimentos ao cumprimento do esquema vacinal recomendado para a BCG”, admite a DGS, que sublinha que “esta situação não constitui um risco para a saúde pública”.

A vacina BCG faz parte do Programa Nacional de Vacinação e é dada numa única dose logo à nascença na maternidade ou, excepcionalmente, depois nos centros de saúde. Por isso, “as crianças que não forem vacinadas à nascença serão contactadas pelo respectivo centro de saúde quando houver novo fornecimento de BCG. Os cuidadores destas crianças podem também contactar o seu centro de saúde para obter informação sobre a vacinação”, informa o comunicado. Aos seis anos deve ser efectuado um reforço.

Já em Abril tinham existido problemas de abastecimento desta vacina produzida em exclusivo na Dinamarca. Na altura, a subdirectora-geral da Saúde explicou que se tratava de um problema de fabrico no âmbito do controlo de qualidade a que esta vacina está sujeita. Graça Freitas assegurou ainda que esta interrupção não representa qualquer risco para a saúde pública e que este intervalo não significa que as crianças vão contrair tuberculose.

publico.pt

 

LEIA TAMBÉM

IP reforça meios de prevenção e limpeza de gelo e neve nas estradas da Serra da Estrela com novo Silo de Sal-gema na Guarda

A Infra-estruturas de Portugal (IP) instalou na Guarda, um novo silo de sal-gema com capacidade …

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …