Dia internacional do idoso juntou mais de meio milhar no Pavilhão Serafim Marques

 

No final do almoço ainda era visível o entusiasmo dos mais de 500 idosos que hoje se reuniram, em convívio, no pavilhão Serafim Marques, em São Paio de Gramaços, para assinalar o Dia Internacional do Idoso.

E prova disso foi a boa disposição que Felismina do Céu Gonçalves transmitiu ao correiodabeiraserra.com, minutos antes de Gabriell subir ao palco e convidar os pares a dançar. Tudo parece normal, mas deixa de o ser, se se levar em linha de conta que a idosa em questão, se prepara comemorar 104 anos de vida.

É mesmo assim. Felismina do Céu Gonçalves com uma jovialidade invulgar e nem sempre manifestada por gente mais jovem, é utente do lar de idosos da Sociedade de Defesa e Propaganda de Avô, onde permanece com uma autonomia invejável, sendo responsável pela própria higiene e sem grandes dificuldades de locomoção.

Tal facto comprovado a este diário digital por Anabela Veloso, assistente social naquela IPSS, é justificado pela centenária pelo “bem” que toda a vida fez questão de fazer a todos os que, em seu redor, mais necessitavam.

“O pão era pouco, mas eu ainda o dividia com os mais pobres”, recordou, contando que para a sua longevidade também muito contribui o elevado número de filhos. “Tive 11 filhos e vou saindo com eles e, de vez em quando, vou até minha casa”, contou.

De sorriso no rosto e carinho no coração, Felismina do Céu Gonçalves assegurou não ter mais segredos para desvendar. Confessou-se contudo adepta de água, garantindo nunca beber vinho ou outras bebidas alcoólicas.

Tal como a centenária que a este diário digital disse nunca ter participado numa festa tão agradável, muitos outros idosos do concelho de Oliveira do Hospital se uniram em convívio para comemorar o Dia Internacional do Idoso.

Mas para além disso, a iniciativa serviu igualmente para “prestar homenagem a diretores e funcionários das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS)”, como referiu o presidente da Câmara Municipal.

“Prestam um serviço de qualidade a todas as populações”, afirmou José Carlos Alexandrino que, também fez questão de recordar o falecido José Carlos Silva que durante 16 anos fez “um grande trabalho” na Associação Progressiva de Santo António do Alva. Prometida ficou a reedição da iniciativa em 2012, ao ar livre, no Santuário de Nossa Senhora das Preces, em Aldeia das Dez.

As IPSS no seu conjunto são a maior empresa de Oliveira do Hospital”

Para além de destacar a mais valia do convívio proporcionado pelo grande encontro de idosos – “é um momento de confraternização entre os idosos”, frisou – o vereador do pelouro da Ação Social da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital considerou estar em face de um “momento de afirmação do trabalho das IPSS do concelho que representam muito em termos de emprego”.

“Hoje as IPSS valem mais de 500 postos de trabalho criados em Oliveira do Hospital”, observou José Francisco Rolo, que não hesitou em considerar que “as IPSS no seu conjunto são a maior empresa de Oliveira do Hospital”.

LEIA TAMBÉM

CDU reclama transporte público até Ervedal da Beira e acusa Câmara de se esquecer de obras importantes

Os elementos da CDU representados na União das Freguesias de Ervedal da Beira e Vila Franca …

Tábua inaugurou posto de carregamento de veículos eléctricos

A Câmara Municipal de Tábua inaugurou hoje o Posto de Carregamento de Veículos Eléctricos. O …