Dia Mundial dos Médicos de Família volta a sinalizar problemas de consultas com o médico de família em Oliveira do Hospital

O dia Mundial dos Médicos de Família, que decorreu na sexta-feira, voltou a chamar a atenção para as dificuldades que os utentes de Oliveira do Hospital continuam a sentir para conseguir consultas de medicina geral e familiar. Os problemas prendem-se com o facto do serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital estar, desde Fevereiro, a ser assegurado pelos médicos de família.

O responsável pelo Centro de Saúde da cidade, Álvaro Luís, espera que ao longo desta semana a situação seja atenuada com a chegada de novos médicos. Aquele responsável, em declarações à TVI, disse compreender a preocupação dos utentes e sublinhou que “as coisas têm de mudar um bocadinho”. “Os médicos estão a ter o seu tempo muito ocupado com o SAP, o que provoca alguns problemas com a marcação de consultas. Estamos a sentir isso”, frisou, adiantando que ao longo desta semana o problema poderá ser atenuado. “Temos quase a certeza que vamos ter médicos no SAP contratados por uma empresa, o que vai facilitar este processo”, disse, reconhecendo que os utentes têm razão quando se queixam.

Álvaro Luís não tem dúvidas. “Estas coisas têm de mudar um bocadinho”, continuou, sublinhando que existe um plano de reestruturação do SAP e do Centro de Saúde que está a ser estudado pela Administração Regional de Saúde e a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que poderá solucionar o problema. “Acredito que em princípio brevemente deverá ser colocado em prática”, concluiu.

LEIA TAMBÉM

Altice garante não existir ninguém afectado pelos incêndios à espera de reposição das comunicações

O presidente da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, afirmou hoje que “não existe ninguém” nas regiões …

PSD quer conhecer calendário das obras do IP3

O PSD, através da deputada Fátima Ramos, eleita pelo Círculo eleitoral de Coimbra, questionou o …