Director-geral da Autoridade Tributária demitiu-se hoje, após polémico caso ‘lista VIP’

O director-geral da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), António Brigas Afonso, apresentou hoje o pedido de demissão, que foi aceite pela tutela, informou o Ministério das Finanças em comunicado.

“O director-geral da Autoridade Tributária e Aduaneira apresentou hoje, dia 18 de Março de 2015, o seu pedido de demissão à Ministra de Estado e das Finanças, que foi aceite”, lê-se no documento enviado às redacções.

Esta demissão surge depois da polémica com a alegada lista VIP de contribuintes, denunciada pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI). António Brigas Afonso desmentiu, na altura, “que tenha recebido qualquer tipo de lista da parte do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, [Paulo Núncio]”.

LEIA TAMBÉM

Ano de 2019 vai ter três fins-de-semana prolongados e quatro possibilidades de “pontes”

O ano de 2019 vai ter dois feriados à sexta-feira e um numa segunda-feira, permitindo …

Mais de duas toneladas de queijo denominado Serra da Estrela apreendidos em Seia

Mais de duas toneladas de queijo indevidamente classificado com denominação de origem protegida (DOP) Serra …