Dívida do município aproxima-se dos sete milhões de Euros

 

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital encerrou o mês de março, com uma dívida de 6.990.093, 91 Euros. Os números dão conta de um acréscimo de perto de meio milhão de Euros, relativamente ao valor da dívida à data de Janeiro deste ano.

O grosso da dívida, 5.860.639,92 Euros, continua a ser relativo aos empréstimos contraídos pelo anterior executivo municipal junto da Caixa Geral de Depósitos.

As empreitadas representam um débito de 373.828, 43 e os subsídios de 344.077,65 Euros. Na rubrica de fornecedores/prestação de serviços, o município deve 289.274,96 Euros, sendo que é a empresa Águas do Zêzere e Côa que se afigura como maior credor, tendo a receber 67.281,71 Euros.

A atividade e situação financeira do município é um dos pontos que consta da ordem de trabalhos da Assembleia Municipal que vai reunir, em sessão ordinária, no próximo dia 30 de abril, pelas 09h00.

Em cima da mesa vai estar ainda a proposta para alteração ao mapa de pessoal e a eleição de um presidente de Junta de Freguesia para representar a Assembleia Municipal no XIX Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses.

Os deputados vão ser também convidados a apreciar o inventário de todos os bens, direitos e obrigações patrimoniais e respetiva avaliação, bem como a votar os documentos de prestação de contas do ano 2010.

A apreciação e votação da proposta de aplicação do resultado liquido de 2010 integra o último ponto da ordem de trabalhos.

LEIA TAMBÉM

Primeiro-ministro vê nas biorefinarias uma “oportunidade” para aproveitar a floresta e elogia trabalho desenvolvido na BLC3

O primeiro-ministro destacou ontem na inauguração do Campus de Tecnologia e Inovação BLC3, em Oliveira do …

António Costa remete construção do IC6 para “quando haja condições financeiras”

O primeiro-ministro não se compromete com uma data para a construção do IC6 entre Tábua …