doença respiratória

Doenças respiratórias são a terceira causa de morte em Portugal

As doenças respiratórias foram responsáveis, em oito anos, pela morte de mais de 97 mil portugueses e constituem a terceira causa de morte em Portugal. Os dados, referentes ao período entre 2007 e 2014 e que foram ontem apresentados pela Direcção-Geral da Saúde, mostram que anualmente este tipo de enfermidades mata a cerca de 12 mil pessoas no País, representa a quinta principal causa de internamentos e custa cerca de 213 milhões de euros em a estadias hospitalares.

O relatório ‘Portugal – Doenças Respiratórias em Números 2015’, ainda assim, apresenta uma diminuição de 16,9 por cento da taxa de mortalidade padronizada abaixo dos 65 anos, entre 2009 e 2013. O maior número de vítimas surge entre os idosos, com a pneumonia é a mostrar-se a mais letal: representa quase 47 por cento de todos os óbitos registados por estes tipos de doença.

Este cenário coloca Portugal “mal na fotografia”, diz Cristina Bárbara, directora do Programa Nacional para as Doenças Respiratórias, uma vez que deixa o País muito acima da média europeia, só ultrapassado pela Eslováquia.

A asma e a doença pulmonar obstrutiva crónica, para a qual o Governo pretende que todos os centros de saúde possam realizar o exame de diagnóstico, por seu lado, mostram sinais positivos face à Europa.

LEIA TAMBÉM

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Autoridade Nacional de Protecção Civil alerta para risco de incêndios nos próximos três dias

O Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) …

GNR de Coimbra aposta no combate à sinistralidade com tolerância zero na velocidade

GNR intensifica controlo de velocidade a partir de amanhã e até domingo

A GNR intensifica a partir de amanhã e até ao próximo domingo, em todo o …