Novo Mapa judiciário entra em vigor segunda-feira, Tribunal de Oliveira do Hospital reduzido Secção de competência genérica e Câmara só discutiu assunto a 24 de Julho

Donos de unidade hoteleira do distrito de Coimbra condenados em tribunal por obrigarem funcionárias a prostituir-se

Uma mulher estrangeira e um homem português, proprietários de uma unidade hoteleira no Distrito de Coimbra foram condenados pelo crime de lenocínio, avança o Correio da Manhã que não revela a localidade do estabelecimento. A arguida foi sentenciada a dois anos e três meses de prisão e o homem a dois anos, mas ambos ficaram com pena suspensa.

O casal geria um estabelecimento hoteleiro no distrito, obrigando as funcionárias a prostituírem-se nos locais adjacentes ao edifício, cobrando-lhes uma percentagem pelos serviços.

No decorrer da investigação por parte do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras foram ainda identificadas várias mulheres estrangeiras em situação ilegal.

LEIA TAMBÉM

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

PJ deteve em Seia um homem por tentativa de homicídio

O Departamento de Investigação Criminal da Guarda da Polícia Judiciária (PJ), com a colaboração da …

Primeiro-ministro apresenta 20 equipas de sapadores florestais em Oliveira do Hospital

O primeiro-ministro, António Costa, apresenta amanhã 20 novas equipas de sapadores florestais, em Oliveira do …

  • Vítor Manuel Ramalho

    Imigração, criminalidade e empresários corruptos sempre de mãos dadas.