Duas centenas de produtores participam na Feira Regional do Queijo Serra da Estrela

 

Teve início a contagem decrescente para a primeira edição da Feira Regional do Queijo Serra da Estrela que vai ter lugar, em Seia, no próximo dia 5 de março, sábado de Carnaval.

Oficialmente apresentado no início desta semana, o certame vai contar com a participação de cerca de 200 produtores de queijo, uma mostra de produtos locais, uma área destinada ao artesanato local e a tradicional área de venda do Queijo Serra da Estrela.

Organizada pelos municípios de Fornos de Algodres, Gouveia e Seia, no âmbito da Comunidade Intermunicipal da Serra da Estrela, a Feira Regional representa o esforço dos três municípios no sentido de “promoverem os seus recursos endógenos para fomentar um grande certame regional que ganhe afirmação nacional e internacional”.

Para o presidente da Comunidade Intermunicipal da Serra da Estrela e da Câmara Municipal de Gouveia trata-se de “um momento importante”, na medida em que o certame pretende dar “um sinal de complementaridade”.

“Temos que ganhar escala, transportando o que de bom se produz nos três concelhos, para ser comercializado em Seia”, considera Álvaro Amaro, vendo a sua opinião partilhada pelo autarca de Seia, na opinião de quem “o esforço assumido individualmente por cada município não tinha as consequências desejadas na promoção e valorização da cadeia de valor do Queijo Serra da Estrela”.

Para Carlos Filipe Camelo “iniciativas como esta, criam escala e promovem o evento de uma forma diferente”.

O presidente da Câmara de Fornos de Algodres, José Severino Miranda, considera estar em face de “um dos eventos mais importante da região” que, no caso concreto do seu concelho, se repercute na “criação de mais-valias para este produto”.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …