EBI da Cordinha presta homenagem a “parceiros” do território educativo

Entre as entidades homenageadas na passada sexta-feira, figuraram a Sociedade Recreativa Ervedalense, Centro Social e Paroquial de Seixo da Beira, Centro Social e Paroquial de Ervedal da Beira, Associação Cultural da Freguesia de Seixo da Beira. A título individual, a Escola Básica Integrada (EBI) da Cordinha, dirigida por Carlos Carvalheira, prestou também homenagem ao antigo pároco da freguesia – o padre Luís Costa – e a um empresário local, Artur Paiva. A título póstumo, aquele agrupamento de escolas teve também uma palavra de reconhecimento para com António Martins. Numa cerimónia com alguma emoção, os dois filhos do docente recentemente falecido, descerraram uma placa numa sala que passou a ostentar o nome do antigo professor. “Perdemos um dos nossos, mas o António Martins vai ficar para sempre na nossa memória”, disse Carlos Carvalheira.

Carvalheira destacou ainda a colaboração que as entidades homenageadas deram àquela escola, e salientou que a escolha não pretende “ferir susceptibilidades”, uma vez que no próximo ano caberá a vez a outras entidades da região.

José Carlos Alexandrino, o presidente da comissão de honra dos “Prémios Cordinha 2009”, fez questão de convidar para a mesa o seu antecessor na presidência daquela escola, com o objectivo de agradecer a José Carlos Mendes, a forma como serviu a escola, quando em 1993 presidiu à comissão instaladora da EBI da Cordinha.“Estamos aqui os três presidentes. É um reconhecimento público. Somos adversários, mas não somos inimigos, afirmou Alexandrino, numa referência ao facto de ambos estarem agora em campos opostos como candidatos à presidência da Câmara de Oliveira do Hospital. Alexandrino – professor há 35 anos –, salientou também a importância destes prémios, referindo que “a maior riqueza que nós temos são os nossos alunos porque são todos nossos filhos”.

Por fim, o antigo presidente da EBI da Cordinha, realçou o facto de a equipa de futsal daquele agrupamento escolar, que foi alvo de uma homenagem bastante participada, ter conquistado este ano o título de campeã nacional em desporto escolar. “Tenho imenso orgulho nestes miúdos. Isto é um trabalho de muita gente. É um trabalho de 5 anos”, afirmou Alexandrino.

Entretanto, e depois da cerimónia de entrega dos prémios, a escola inaugurou no interior das suas instalações um espaço designado “Memória Cordinha”. É um local onde, como afirmou Carlos carvalheira, “se recordam os eventos mais significativos” que se vão realizando na escola. No painel a publicitar o espaço, encontram-se as fotografias dos três primeiros presidentes da EBI da Cordinha e, ainda, uma foto com os campeões nacionais e o seu técnico, José Carlos Alexandrino.

Henrique Barreto

LEIA TAMBÉM

EPTOLIVA conquista terceiro lugar a nível de desempenho dos cursos profissionais

A EPTOLIVA – Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil, situa-se entre as …

EPTOLIVA distinguida nos prémios Ciência na Escola

A EPTOLIVA (Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil) foi a escola da …