Eleições de delegados ao Congresso na JS de Oliveira do Hospital geram polémica

A sufrágio apresentaram-se duas listas, mas o número um da lista apoiante de Joel Vasconcelos (“Aqui Há Esquerda”) à presidência da federação distrital da Juventude Socialista de Coimbra, acabou por rejeitar a admissão da lista encabeçada por João Abílio, e que estava afecta a Rui Duarte (Esquerda 2.0).

Hugo Neves, o cabeça da lista vencedora que simultaneamente presidia à mesa, diz ter tomado a decisão em consequência de um regulamento da Comissão Organizadora do Congresso (COC) onde está estipulado que “o número de candidatos suplentes tem, no mínimo, que ser igual ao número de efectivos”.

Em declarações ao correiodabeiraserra.com, Hugo Neves explicou ainda que aquela era a única solução que lhe restava, uma vez que – conforme refere – na lista adversária houve duas desistências que impediram que fosse colocada a sufrágio. “Este regulamento é específico. Tenho que me basear naquilo que me enviam, que é o regulamento da COC”, sublinhou.

Ao que este diário digital apurou junto de algumas fontes ligadas à JS – João Abílio não se manifestou disponível para prestar declarações, alegando tratar-se de “um assunto interno da JS que deverá ser discutido nos locais próprios” – o problema está em que os elementos da lista rejeitada não se conformam com a decisão e alegam que o Regulamento Eleitoral Geral da Juventude Socialista difere do regulamento da COC nessa matéria e é aquele que deve prevalecer, já que se trata de um regulamento nacional.

Comissão Organizadora do Congresso reúne hoje para discutir situação 

Entretanto, é precisamente para avaliar esta situação – e decidir sobre se as eleições devem ou não ser repetidas – que a COC reúne hoje em Coimbra. A decisão deverá ser conhecida já durante a noite.

Sublinhe-se que Rui Duarte, com a moção “Esquerda 2.0” vai ser o futuro presidente da Federação Distrital da JS de Coimbra, já que derrotou Joel Vasconcelos com 77 por cento dos votos. Assim, na Convenção Distrital da JS, que se realiza entre os dias 30 e 31 de Janeiro – em local ainda não anunciado –, Duarte vai ter 75 delegados a apoiá-lo, enquanto que Vasconcelos terá apenas 22.

LEIA TAMBÉM

Líder parlamentar do PSD questiona António Costa sobre a reconstrução das casas afectadas pelos incêndios.

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, pediu ontem explicações ao primeiro-ministro sobre o reduzido número …

Presidente da Câmara de Oliveira do Hospital garante verba ainda desconhecida para reconstrução das segundas habitações depois de questionado pelo vereador do PSD

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, disse hoje que …