PS tenta lavar a cara para esconder responsabilidades...

Eleições. Tácticas e “manhosices”

O PS acaba de apresentar os seus cabeças de lista à Câmara e à Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital. Agora, parece que é mesmo assim, a não ser que ainda surja algum “contratempo”. De qualquer forma, eles próprios – os cabeças de lista – já se tinham apresentado em público e ostensivamente. Portanto, passou há muito o efeito novidade.

“Velha” é também a tentativa do PS concelhio em esconder as pesadas responsabilidades do PS nacional em matéria das políticas de direita e de desastre nacional aplicadas durante anos pelos (des)governos de maioria “rosa”. Políticas de direita que têm dado cabo da vida das Portuguesas e dos Portugueses e hipotecado, até ao nível de crime de lesa-pátria, a soberania e a independência nacionais.

Também o município de Oliveira do Hospital e a sua População têm sido severamente penalizados por essas políticas de direita dos (des)governos PS. Já temos registado os efeitos práticos. São até muitos e dos piores. Mas mais se espera ainda, infelizmente. É nesse contexto, que a liderança local do PS – perante uma pretensa indiferença da Federação Distrital de Coimbra – foi sendo empurrada para a “solução” dos cabeças de lista agora (finalmente) confirmados.

Sendo eles tidos por “independentes” e cometidos de alegada “liberdade” para escolher outros candidatos, essas situações vão servir para o PS tentar esquivar as responsabilidades atrás referidas ou seja, todos eles vão alegar – incluindo os principais dirigentes locais do PS – que nada têm a ver com as políticas do (des)governo PS com as quais, dirão até, algumas vezes estiveram e estão em desacordo… Vão até alegar – sempre para fugir às responsabilidades – que nada tiveram a ver com as votações favoráveis dos três Vereadores do PS no actual Executivo da Câmara Municipal em consonância, e de acordo de facto, com alguns dos principais erros da actual maioria PSD nesse mesmo Executivo Municipal.

Também já pormenorizámos estes casos. Repete-se:– este “lavar de cara”, esta táctica da fuga às responsabilidades por parte do PS é tão manhosa que a poderemos classificar como “rabo escondido com o gato de fora”… Porém, contam com as reconhecidas dificuldades em se chegar com o esclarecimento junto dos milhares de votantes concelhios.

Mas o debate político está lançado, e vamos a ele. A propósito, permitam-nos um apontamento acerca do cartaz de pré-campanha para o Parlamento Europeu em que aparece o Vital Moreira. Aí, aquele “slogan” do “Nós Europeus” é tão vazio como é pretensioso. Acontece que nós já éramos europeus há muitos anos (há séculos) e não estivemos nem estamos à espera que o “professor” e o PS cá nos viessem informar da coisa. Pois é, pois é, quantos anos distam já desde os tempos em que o dito senhor defendia causas e projectos limpos!…

De há anos a esta parte, o “professor” transformou-se em mercenário da política ao serviço de quem mais lhe pagar pelos sucessivos e encomendados “pareceres”… Agora, até se apresta para engolir alguns dos sapos “europeus” que ainda recentemente criticava, por exemplo, em vários artigos em “O Público”. Nenhuma credibilidade lhe resta para além daquela (pseudo) que vai receber insuflada pela propaganda. Uma lástima!

Liderança concelhia do PSD aposta no desgaste.

E assim trabalha para o adversário eleitoral mais directo, se é que considera o PS como o efectivo adversário nas próximas autárquicas… Não é que eu pessoalmente me preocupe com o caso pois até acho que no terreno partidário dos adversários quanto pior melhor… mas que dá muito nas vistas a atitude da actual concelhia do PSD lá isso dá. Procura manter a corda tensa e provocar o desgaste interno tentando atingir a maioria autárquica do mesmo PSD.

Já aqui o escrevemos e voltamos a fazê-lo:- também esta táctica procura desresponsabilizar o PSD pela gestão da Câmara onde de facto este partido – e não outro – tem uma maioria hegemónica. Ao mesmo tempo, procura a vitimização da actual liderança e tenta obstar a uma corrida mais tranquila à reeleição por parte do actual Presidente da Câmara, dirigente distrital e rosto mais conhecido do mesmo PSD local.

CDS / PP, “bicéfalo”, põe-se em bicos de pés…

Uma questão “curiosa” se põe: – afinal quem é o “líder” concelhio deste partido que tanto preza estas questões das “lideranças”. Ou será que a liderança “bicéfala” assim se expõe para satisfazer uma questão de “paridade” em género? Também não é por nos preocuparmos minimamente com o assunto mas apenas por curiosidade que aqui se regista. Agora, mais notável é a esforçada tentativa do CDS/ PP em se pôr em bicos de pés, também aqui em Oliveira do Hospital (para se ver que existe…).

Isto já nos interessa mais pois merece réplica a nível do debate político em curso. Acontece até que uma ou outra questão concreta, em termos do projecto municipal, surge anos depois da CDU ter avançado publicamente nesse sentido. Ora, não nos venham “plagiar” ou copiar que nós, na CDU, não gostamos que nos tentem confundir..

E, depois, é feio aproveitar-se das propostas dos outros. É assim ao jeito dos cucos que põem os ovos nos ninhos de outras aves… Chô !

Nota:- quando entendermos, se assim o entendermos, aqui nos referiremos à CDU.

* Autarca da CDU – Oliveira do Hospital

LEIA TAMBÉM

Comentários aos resultados eleitorais em Oliveira do Hospital. Autor: João Dinis, Jano

Grande vitória da CDU na Freguesia de Meruge!  A nível municipal, porém, sai muito ferida …

Pensar a República. Autor: Renato Nunes.

Não há pensamento sem tempo livre. Os feriados constituem, por isso, uma oportunidade privilegiada para …