Em cada esquina um repórter: lixeira a céu aberto na cidade

É uma lixeira clandestina, nas proporções que a fotografia documenta, em plena cidade de Oliveira do Hospital.

A denúncia foi feita ao correiodabeiraserra.com pelo proprietário de um estabelecimento comercial que, indignado, solicitou a “ajuda” deste diário digital, no sentido de tornar pública esta situação terceiro-mundista.

Esta lixeira, onde se vê também um poste de electricidade vergado à negligência, encontra-se localizada nas traseiras de uma urbanização contígua à Av. Dr. António Afonso Amaral.

LEIA TAMBÉM

Cid Teles, a cigarra do Triste Fado: As origens. Autor: Renato Nunes

O poeta que inspira estas palavras nasceu em 8 de Março de 1911, em Tábua, …

A minha fatura contempla consumos com mais de seis meses! O que poderei fazer? Autora: Tânia Santana

São recorrentes as abordagens dos consumidores, junto do nosso Gabinete de Apoio ao Consumidor, indagando-nos …