“Empreender +” quer premiar ideias de negócio que se materializem em Oliveira do Hospital

 

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital está a proceder a alterações no regulamento que serve de base ao concurso municipal de ideias de negócio “Empreender +” e que vai ser relançado no dia 16 de Abril, pelas 16h00, no Salão Nobre da autarquia.

A motivar a alteração do regulamento aprovado em junho de 2007 e alterado dois anos depois, pelo anterior executivo camarário, está a deteção de uma falha que, no entender da equipa de José Carlos Alexandrino, não garantia a continuidade das empresas premiadas em Oliveira do Hospital.

“Temos que fazer uma adaptação ao regulamento do Empreender +, no sentido de que o prémio só seja pago às empresas que desenvolvam atividade em Oliveira do Hospital”, explicou segunda-feira o vice-presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, lamentando que apenas uma ideia de negócio premiada, no âmbito daquele concurso – A Oficina das Artes – exerça atividade em Oliveira do Hospital.

“Sabemos hoje que a Logic Pulse a Fauna Polis estão sedeadas e exercem atividade em Coimbra”, continuou José Francisco Rolo, explicando que não basta que o regulamento apenas exija a sede em Oliveira do Hospital, por ocasião da atribuição do prémio.

Sem querer fazer “juízos de valor sobre ações passadas” – “o passado foi lá trás”, frisou – o vice-presidente da autarquia oliveirense deu conta da preocupação do município para alterar aquela situação “a bem do rigor”.

Adiantou que o município quer que “os investimentos públicos tenham resultados no concelho e na criação de postos de trabalho”. Consciente de que às empresas que exercem atividade em Coimbra não chegou a ser atribuída a totalidade do prémio, José Francisco Rolo explicou que com o relançamento do concurso, o município pretende estimular a criação de emprego e atrair mais jovens a Oliveira do Hospital.

Com o “Empreender +”, o município pretende potenciar o desenvolvimento da incubadora de empresas. Localizado na Zona Industrial de Oliveira do Hospital, o espaço está sob orientação da Plataforma para o Desenvolvimento da Região Interior Centro numa lógica de parceria com o Instituto Pedro Nunes.

“O objetivo é que a incubadora receba projetos”, informou José Francisco Rolo, explicando que o espaço se destina a projetos canalizados pelo IPN e aos oliveirenses que se candidatem àqueles espaços.

Através do regulamento ainda em vigor, o “Empreender +” premeia três ideias de negócio, atribuindo 15 mil Euros à primeira classificada, 10 mil Euros à segunda e sete mil e quinhentos Euros à terceira.

LEIA TAMBÉM

AVMISP avisa, após reunião Marcelo Rebelo de Sousa, que falta de apoios pode levar empresas afectadas pelos incêndios a encerrar

A Associação das Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP) lamentou hoje, na …

Ano de 2017 foi o melhor de sempre para o turismo no Centro de Portugal

O ano de 2017 foi o melhor de sempre para a atividade turística no Centro …