Encerramento da Jammo: Câmara municipal e oposição ainda “não deram a cara”…

…efectuaram até ao momento qualquer contacto com os cerca de 60 trabalhadores que hoje foram “lançados” no desemprego, em consequência do encerramento de mais uma fábrica de confecções – a “Jammo – Indústria de Confecções, Lda”.

Os empregados daquela unidade fabril – na sua maioria, mulheres – entraram no novo ano de 2009 com cinco salários em atraso, e a própria dirigente do Sindicato dos Trabalhadores do Sector Têxtil de Coimbra, dirigindo-se aos jornalistas, não deixou de criticar este alheamento por parte das autoridades políticas locais face a este grave problema social.

“Onde é que está a solidariedade?”, questionou-se Fátima Carvalho, referindo que “é de lamentar que na zona de Oliveira do Hospital não tenha havido por parte de nenhuma instituição um gesto” para com aquelas pessoas.

LEIA TAMBÉM

AVMISP avisa, após reunião Marcelo Rebelo de Sousa, que falta de apoios pode levar empresas afectadas pelos incêndios a encerrar

A Associação das Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP) lamentou hoje, na …

Ano de 2017 foi o melhor de sempre para o turismo no Centro de Portugal

O ano de 2017 foi o melhor de sempre para a atividade turística no Centro …