“Enquanto eu for presidente da Câmara, nem um centímetro aceito de estradas nacionais”

… Estradas de Portugal de municipalizar cerca de cinco quilómetros, entre Catraia dos Poços e Vendas de Galizes, da Estrada Nacional 17.

“Enquanto eu for presidente da Câmara, nem um centímetro aceito de estradas nacionais”, esclareceu Mário Alves, depois de ler o ofício enviado pela EP intitulado “Rede viária a municipalizar”.

De acordo com o que foi explicado pelo autarca, a proposta da Estradas de Portugal surge com o argumento de que o troço em causa – entre os quilómetros 69,800 e 74,410 – será substituído pelo IC6 que está em fase de construção.

“Solicita-se a disponibilidade para receber o referido troço e proceder ao processo de transferência”, leu o autarca, informando o executivo da pretensão da EP e à qual, sem qualquer hesitação, deu indicações da sua recusa.

Sem permitir a tomada de grandes considerações sobre a matéria em análise, Alves chegou a ironizar com a proposta, ao verificar que a EN 17 passaria a ficar fragmentada na zona que atravessa o concelho, ficando uma parte municipalizada e outra classificada como nacional, porque – como explicou – o troço que atravessa o concelho ultrapassa os cinco quilómetros referidos pela EP.

O vereador socialista, José Ribeiro de Almeida, ainda chegou a considerar que o extensão indicada correspondia à totalidade do troço que passa no concelho, ponderando até que a EP terá feito uma proposta semelhante aos restantes municípios servidos pela EN17.

Incisivo na decisão, Mário Alves deixou claro que “a Câmara Municipal não está interessada em estradas nacionais”. “Já chega a que temos para a Felgueira Velha e, na qual, estamos a gastar quase meio milhão de contos só para a arranjar”, sustentou o autarca, sugerindo à EP que mantenha as nacionais, já que a Câmara também mantém as municipais.

LEIA TAMBÉM

Dominado fogo que hoje se reacendeu em Tábua

O incêndio florestal que deflagrou na terça-feira no concelho de Tábua, que esteve em fase …

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Incêndio de Tábua reacendeu-se e mobiliza centenas de bombeiros

O incêndio que ontem deflagrou em Tábua, está novamente activo. O reacendimento aconteceu ao início da tarde …