Emagrecer ou Mudar de vida? Autor: Luís Marques

Entre fazer mal e não fazer….não faça. Autor: Luís Marques.

Entre fazer mal e não fazer….não faça.

Esta é a maior premissa que orienta o meu trabalho diário, quer nas atividades escolares, exercendo a minha profissão de Professor de Educação Física, quer na orientação e monitorização das atividades desportivas junto dos clientes do ginásio. Em ambos os contextos é imprescindível o grau de licenciado na área da Educação Física e Desporto.

Qualquer pai ou encarregado de educação sabe que no contexto escolar só trabalham professores qualificados e habilitados para o desempenho das suas funções de Professor de Educação Física, e que por muito que possa ser criticado, pois em todas as áreas existem bons e maus profissionais, é a pessoa certa no trabalho certo.

E na fase adulta, nos ginásios à nossa porta, estará a pessoa certa no trabalho certo?

Devia estar, mas em muitas situações não está.

Esta minha visão crítica do que vai sucedendo, numa área em que também existem “xico espertos”, tem como objetivo alertar os leitores e seus amigos da exigência que é necessária na contratação dos serviços de algo ou alguém na área do exercício físico. Quando vai jantar fora e não lhe agrada a comida, cala-se? Quando compra pão e este já está duro, cala-se? Julgo estar a ser explícito, há que ser seletivo, criterioso e ambicioso no que toca a escolher alguém que vai orientar as nossas ações motoras segundo objetivos físicos, psicológicos ou físico/psicológicos.

Tenho a noção de vários contextos onde quem monitoriza exercício físico é alguém que possui experiência individual na área. Experiência individual? E sabe ensinar? E sabe o porquê do que está a fazer? E sabe se está a fazer bem ou mal, ou a ensinar bem ou mal?

Existe também os “fura sistema”, alguém que tem, ou não, formação académica noutra área profissional, que adquire uma formação na área do fitness, bastante acessível a qualquer pessoa, e cria um contexto de autocapacidade para o exercício de funções de orientação desportiva. E sabe ensinar? E sabe o porquê do que está a fazer? E sabe se está a fazer bem ou mal, ou a ensinar bem ou mal?

Em muitos casos o youtube é a escola da monitorização e orientação das atividades desportivas, vídeos espectaculares, exercícios altamente complexos, gente muito musculada, grande envolvência e muita diversidade estruturam o trabalho de muitos técnicos. E sabe ensinar? E sabe o porquê do que está a fazer? E sabe se está a fazer bem ou mal, ou a ensinar bem ou mal?

Antes de mais certifique-se que trabalha com alguém que tem formação académica na área da Educação Física e Desporto, segundo, que possui a cédula PROCAFD (creditação do Instituto Português do Desporto para a orientação de atividades desportivas) e terceiro e a mais importante, certifique-se do que lhe está a ser proposto, ou seja, pergunte porquê.

Recentemente Jorge Jesus, numa das suas famosas conferências de imprensa, proferiu as seguintes palavras: “Experiência? O que é a experiência sem o conhecimento?”

Espero conseguir fazer passar a palavra pedindo a todos os leitores para que defendam, procurem e selecionem alguém capaz, não só na orientação das atividades desportivas do seu dia a dia, como em tudo.

Emagrecer ou Mudar de vida? Autor: Luís MarquesAutor: Luís Marques

 

LEIA TAMBÉM

E porque digo eu que o Futebol Clube do Porto é a equipa de futebol mais próxima de jogar como faz o Real Madrid? Autor: João Dinis

Tipo “declaração de interesses”, digo que sou Benfiquista desde que me conheço (tenho 64 anos) …

VIV´Á REPÚBLICA ! Autor: João Dinis

Viv´ó 5 de Outubro, Dia da República !  Viv´ó Feriado do 5 de Outubro que …