Sexta-feira, Março 24, 2017
Início - Educação - EPTOLIVA brilha no projecto “Ciência na Escola”
EPTOLIVA brilha no projecto “Ciência na Escola”

EPTOLIVA brilha no projecto “Ciência na Escola”

A Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil (EPTOLIVA) garantiu a selecção a nível regional (5º escalão – ensino secundário) de quatro projectos submetidos à 14.ª edição do projecto “CIÊNCIA NA ESCOLA” – Fundação Ilídio Pinho, o que lhe valeu o galardão da escola da Região Centro com maior número de projectos seleccionados. O tema da inciciativa insere-se em “Ciência e Tecnologia ao Serviço de um Mundo Melhor”, e cada um será distinguido com um prémio no valor de 500 euros cada, destinado exclusivamente a apoiar a sua implementação e posterior avaliação final na fase nacional do “Concurso de Ideias”.

Os projectos submetidos a concurso integram uma visão multidisciplinar, envolvendo áreas curriculares diferenciadas através da integração de diferentes saberes e deverão demonstrar as potencialidades da ciência e da tecnologia como oportunidades de resposta aos desafios e principais problemas do mundo actual, tendo em vista a criação de um mundo melhor para todos.

Os projectos, sob a responsabilidade e coordenação da docente Honorata Pereira, serão desenvolvidos nos dois espaços escolares da EPTOLIVA. A “Requalificação dos resíduos do setor oleico na produção de biocombustíveis e bioadsorventes para remoção de metais pesados” e “Requalificação do rio Cobral por leito de macrófitas e Nasturtium officinale”, são ficam na sede em Oliveira do Hospital, e contam com os alunos Carlos Quintino, do 3º ano do Curso de Manutenção Industrial/ Mecatrónica Automóvel; Júlio Avelar, do 2º ano do Curso de Manutenção Industrial/ Mecatrónica Automóvel; Bernardo Martins e Henrique Castanheira, do 1º ano do Curso de Manutenção Industrial/ Mecatrónica Automóvel; e Carlos Rosário, do 2º ano do Curso de Multimédia.

Já os projetos “Compósito antisséptico do extracto da planta Celidónia Magus” e “Caracterização e extração das fibras vegetais da folha de Aloe Vera, com princípios activos, e aplicação tecnológica na saúde”, são, respectivamente, liderados por Bruno Paulino, Catarina Costa e Daniela Pinto, alunos do 3º ano do Curso de Auxiliar de Saúde, ministrado no Pólo de Tábua.