Eptoliva e projeto “Motoplanta” merecem voto de reconhecimento da Câmara de Oliveira do Hospital

“Duplamente de parabéns” pela participação no Concurso Intermunicipal de Ideias de Negócio, a Eptoliva foi ontem merecedora de voto de reconhecimento por parte do município de Oliveira do Hospital.

Sedeada em Oliveira do Hospital e com pólo aberto em Tábua, a escola profissional Eptoliva arrecadou no dia 8 de junho dois dos três prémios do Concurso Municipal de Ideias de Negócio promovido pela CIM da Região de Coimbra. O projeto “Motoplanta” de Hugo Santos e HaQuiQueijo, do polo de Tábua da Eptoliva, desenvolvido pelos alunos Raquel Costa, Tânia Mendes e João Abrantes arrecadaram os dois primeiros prémios do concurso.

Uma prestação que enche de orgulho o município de Oliveira do Hospital que, por iniciativa da vereadora da Educação, Graça Silva, aprovou ontem, por unanimidade – a vereadora do PSD Cristina Oliveira esteve ausente da reunião – um primeiro voto de reconhecimento à Eptoliva e aos seus professores e um segundo voto de reconhecimento ao projeto “Motoplanta” que se sagrou vencedor do concurso.

“A Eptoliva está duplamente de parabéns”, afirmou Graça Silva que para além de valorizar a prestação do aluno Hugo Santos e a qualidade do seu projeto, apreciou de igual forma o projeto “HáQuiQueijo” apresentado por alunos do pólo de Tábua e que ficou em 2º lugar na final do concurso realizada na Figueira da Foz e na qual marcaram presença 18 ideias de negócio. “Quero congratular a escola, professores, os alunos, familiares, amigos que estiveram a apoiar os projetos”, afirmou.

“Tive um orgulho imenso”, confidenciou também o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que, presente na final do concurso na qualidade de vice-presidente da CIM da região de Coimbra, facilmente percebeu que o projeto “Motoplanta” se diferenciava das restantes ideias a concurso. José Carlos Alexandrino apreciou também a “capacidade de comunicação” do aluno vencedor para “vender o produto”. “Se eu tivesse uma empresa contratava-o”, frisou o edil oliveirense, para quem o projeto em causa “é uma boa ideia” e com “potencial enorme”. Motivo de satisfação para o autarca é o facto de o concurso contar com três anos de existência e de ter sido ganho duas vezes por alunos de Oliveira do Hospital

LEIA TAMBÉM

Marcelo promulga comissão técnica para analisar fogos de Outubro que afectaram Oliveira do Hospital

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou hoje o diploma da Assembleia da …

O ódio à escola. Autor: Renato Nunes

7h00. O despertador toca e Mauro enrola-se nos cobertores, assim que consegue silenciar o maldito …