Ervedal da Beira lembrou último percurso de Cristo

A paróquia de Ervedal da Beira realizou ontem, pela segunda vez consecutiva, a procissão de Nosso Senhor dos Passos, uma romaria, que esteve esquecida na localidade por cerca de oito décadas, e que recorda último percurso de Cristo, desde que foi condenado até ser sepultado.

WP_20150322_16_48_59_Pro (Medium)

O trajecto, nesta localidade do concelho de Oliveira do Hospital, realizou-se entre a Igreja Matriz, com uma das paragens em frente ao agora Lar da Terceira Idade e antiga casa de Augusto Albuquerque, filho dos Viscondes de Ervedal da Beira, e a Capela da Nossa Senhora da Boa Viagem. O fiéis acompanharam as Irmandades da freguesia durante todo o percurso ao ritmo do som da filarmónica local.

WP_20150322_16_52_05_Pro (Medium)Nosso Senhor dos Passos é uma invocação de Jesus que recorda o trajecto percorrido por O Cristo desde sua condenação à morte no pretório até o seu sepultamento, após ter sido crucificado no Calvário. A história desta devoção remonta à Idade Média, quando os cruzados visitavam os locais sagrados de Jerusalém por onde andou Jesus a caminho do martírio. Procuraram depois reproduzir espiritualmente este caminho quando voltaram à Europa sob forma de dramas sacros e procissões, ciclos de meditação ou estabelecendo capelas especiais nos templos.

WP_20150322_16_54_47_Pro (Medium)WP_20150322_16_44_10_Pro (Medium)

LEIA TAMBÉM

Dominado fogo que hoje se reacendeu em Tábua

O incêndio florestal que deflagrou na terça-feira no concelho de Tábua, que esteve em fase …

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Incêndio de Tábua reacendeu-se e mobiliza centenas de bombeiros

O incêndio que ontem deflagrou em Tábua, está novamente activo. O reacendimento aconteceu ao início da tarde …

  • Oliveirense

    Parabéns ao Ervedal e a todos que de alguma forma participaram, pois conseguem fazer reviver este Ritual tão importante para o Cristãos e que caiu à décadas no esquecimento das Nossas Gentes.