Onde está a caleira? Autor: João Paulo Albuquerque

Escalpelizando a ignorância e a incompetência

“Há muita gente que espera que o sonho se realize por magia. Mas toda a magia é ilusão. E ilusão não muda ninguém de lugar, pois a ilusão é o combustível dos perdedores”.

(Roberto Shinyashiki)

Na última reunião de câmara de 05/02/2015, o Sr. Presidente mostrou a publicação do resultado obtido pela equipa multidisciplinar assessorada pela empresa H2Org, referente aos trabalhos executados e desenvolvidos nos sectores da água e do saneamento, remetendo a sua explicação para a Assembleia Municipal de 13/02/2015, que se efectuou na passada sexta-feira.

Aquando da Reunião de Câmara, proferiu o seguinte: “houve alguém que escreveu numa crónica de opinião, que as receitas do aumento da água iam ser de 2 milhões de euros. Isto demonstra uma ignorância total, porque quem escreve é um ignorante, não é mais do que isso”. Posteriormente, na Assembleia Municipal, enriqueceu o seu discurso acrescentando “ incompetente” à adjectivação anteriormente usada…

Para que não haja dúvida sobre quem é ou quem são os ignorantes e incompetentes, escalpelizemos, então, a ignorância e a incompetência.

Começo por esclarecer que um comentário não é uma crónica de opinião, tendo o visado comentário sido assinado por “Guerra Junqueiro”, em 31/07/2014, no Jornal online CBS, que sustentava “que o aumento [da água] realizado foi, em média, superior a cinco vezes (5X) o prenunciado, e que a recuperação financeira deixa de ser de 400 mil euros para ser maior do que 2 milhões…”.

(http://correiodabeiraserra.com/oliveira-do-hospital-impoe-aumentos-no-preco-da-agua-que-chegam-a-superar-os-65-por-cento/)

Seguidamente, passo a explicar aos Sr. Professor José Carlos Alexandrino, Sr. Professor Carlos Carvalheira e Sr. Engº Carlos Artur Maia, que continuam a não entender, a ignorar ou não discernir o que está escrito em tal comentário, os factos.

Não querendo ensinar ninguém, passo a explicar o cálculo efetuado, que não é mais de que uma comparação de triângulos, i.e., a vulgar e correntemente chamada regra de três simples, e que muito triste me deixa, pois todos fomos alunos do mesmo professor, que não permitia que um aluno seu passasse da 3ª Classe, se este tipo de problemas não soubesse resolver. O Sr. Presidente da Câmara anunciou que, aumentando a tarifa da água (e estamos a negligenciar as taxas do saneamento) entre 1,90€ e 5,60€, conseguiria recuperar 400.000,00€ (quatrocentos mil euros) numa primeira fase que seria de um ano. Então, a média ((1,90€+5,60€)/2) situa-se nos 3,75€ de aumento médio das tarifas da água e refletir-se-ia numa poupança de 400.000,00€/ano. (Posição anunciada pela CMOH e que não foi cumprida)

A realidade viria a mostrar-se bem diferente, confirmando-se escandalosos os aumentos tarifados relativamente aos pronunciados, variando estes entre 5,22€ e 32,72€, que, em media ((5,22€ + 32,72€)/2), se traduz em 18,97€ de aumento médio das tarifas . (Posição executada pela CMOH)

É, agora, muito fácil reparar que 18,97/3,75=5,059. Assim, o aumento executado foi, em média, mais de cinco vezes (5X) superior ao anunciado. Na realidade, foi 5,059 vezes maior do que o apregoado, logo a recuperação financeira a ele anexada é 5,059×400.000,00€=2.023.466.67€, sendo, como se constata, maior que dois milhões de euros.

Depois de ter mostrado onde está a ignorância, passo a demonstrar onde se encontra a incompetência que foi disfarçada por uma representação ilusória de uma tentativa falhada de exaltação dos resultados obtidos em comparação com os inicialmente apontados.

José Carlos Alexandrino apresentou este ano uma redução de 700.000€ com a despesa da água e saneamento, superando em 300 mil euros o valor a que tinha proposto, 400 mil euros. O que se esqueceram foi de informar que a poupança de 400 mil euros estava anexada aos 3,75€ de aumento médio das tarifas, e que este utilizado, 18,97€, cinco vezes maior, muda o referencial de 400.000€/ano para os 2.000.000€/ano, que se atingiria se as pessoas consumissem mais. O resto, para além de algumas exceções, são desculpas e pura demagogia.

A poupança em Oliveira do Hospital é proporcional ao consumo, i.e., os preços são tão elevados que quanto maior for o consumo dos oliveirenses, maior é a poupança do município. A ilusão da redução da despesa não passa do grande negócio do município que é a venda da água.

O eleito Luís Lagos, que muito se insurge contra os deputados socialistas mas que sempre defende o Sr. Presidente da Câmara, disse que este estava a conduzir muito bem o processo da água, logo após à incapacidade do Presidente da autarquia, mais uma vez, não conseguir responder às questões levantadas por António Lopes, nem rebater as suas afirmações (o que aconteceu em todas as situações deste frente a frente político entre Lopes e Alexandrino).

Na verdade, a boa condução deste processo e o seu êxito político seria alcançada se a poupança de 400.000€ fosse conseguida com as variáveis iniciais. Com as actuais variáveis, cinco vezes maiores, ficou bem longe disso, uma vez que 700.000€/2.000.000€=0,35, i.e o rácio entre o valor conseguido e o valor pretendido foi baixíssimo, ficando-se pelos 35% do objectivo, o que de acordo com o processo inicial representava apenas 140.000€ de redução (0,35×400.000€). Esta é uma aproximação real da ‘boa condução’ do processo.

A ilusão conseguida, que mereceu os habituais aplausos, não passou de uma poupança de 140.000€ e de uma entrada nos bolsos dos munícipes de 560.000€ (140.000€+560.000€=700.000€). Grande negócio que saca 560 mil euros do bolso do munícipe consumidor e chama-lhe poupança. Atingir somente 35% do que se propunham conseguir, é o êxito que reclamam e aplaudem, mas que não é mais do que pura incompetência.

Onde está a caleira? Autor: João Paulo AlbuquerqueParabéns aos envolvidos e continuem a ler o CBS.

Autor: João Paulo Albuquerque

 

LEIA TAMBÉM

Tenho um furo no meu quintal, serei obrigado a ligar o meu imóvel à rede pública de abastecimento de água?Autora: Tânia Santana.

As soluções privativas, designadamente furos, outros tipos de captações de água, fossas sépticas, só são …

Presidente da Câmara de Oliveira do Hospital garante verba ainda desconhecida para reconstrução das segundas habitações depois de questionado pelo vereador do PSD

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, disse hoje que …

  • Mente brilhante

    Já sei por que razão o Eng. Guerra está no desemprego…

    Com erros tão grosseiros, pode lá alguém exercer engenharia?

    Como é que é possível alguém aplicar o conceito de proporção num tarifário em que há diferentes escalões? Calcular o aumento médio de forma tão simplória ((1,90€+5,60€)/2) …

    Enfim o ser-se incompetente não é um problema, o verdadeiro problema é querer justificar o injustificável.

    Termino com uma analogia:

    O Guerra sabe de contas de merceeiro, assim como o JPA sabe de caleiras!

    • Tomás de Aquino

      «”O idiota toma por falso aquilo que não consegue compreender”.

    • És uma abóbora

      Ó inteligente, tinhas mais dados?
      Deixa de ser burro, os números podem não ser exactos, porque são estatísticos, mas o principio não engana, a água é um negócio para a câmara, e quanto mais gastarem, mais a câmara ganha. Razão tinha o Jano.
      Os palermas, quando chamarem alguém de ignorante, mostrem os comprovativos, assim ficaram mal na foto. Compararem os resultados de um tarifário elevadíssimo com o de um bem mais modesto, é chamarem burros a todos os oliveirenses.
      O que aqui está, mostra bem a tendência da realidade.
      Mostrem o contrário.

    • Olha o gameleiro

      A caleira foi trocada, vamos ver o que se vai passar com o tarifário.
      Abram o olhos, que estes gajos estão a gamar-nos.

    • Assembleia Municipal

      A inteligência veio do Ervedal para Oliveira na pessoa do sr. presidente. Ele devia de passar horas a fazer contas,mas passa horas a fazer criticas parvas no CBS.

  • Augusto Dinis

    Parabéns João Paulo, conseguiste mostrar que os 2 milhões são a projecção dos 400 mil usando estes aumentos brutais.
    Gostei particularmente do processo reverso que utilizaste para mostrar que a projecção dos 700 mil conseguidos, seriam 140 mil caso o aumento tivesse sido o anunciado.
    Acredito que este problema da água seja complicado, não estou a ver grandes progressos técnicos capazes de o resolver embora estejam dezenas de pessoas envolvidas. Penso que se havia de apostar em ter água própria, acho que é a solução mais plausível, embora envolva muito trabalho.
    Quanto ao aproveitamento politico que fizeram desta situação, utilizando a comparação de dois valores que só podem ser comparados desta maneira que mostraste, até tinha ida avante, tiveram foi azar de terem a observar o Engenheiro 11631.
    Forte abraço caro colega.
    Augusto Dinis

    • João Paulo Albuquerque

      Olá Augusto, também lês o CBS? Não sabia.
      Dá para teres uma ideia como anda isto aqui por os meus lados.
      Os cálculos são evidentemente muito simples, mas infelizmente a ignorância é o pesadelo nacional, e aqui usam e abusam dela. Não sei se todos entenderam, no entanto a mensagem está aí, que mostra que por aqui estamos muito atrasados nestas questões da água e saneamento.
      Mas Augusto, nas outras questões se não estivermos iguais, estamos piores.
      Obrigado pelo comentário caro colega e vai aparecendo.

      Abraço
      João Albuquerque

  • Mente Brilhante

    O engenheiro da mula russa é demais.
    Perante o cálculo erradissimo do ponto de vista matemático ainda tem a coragem de o vir defender com pseudónimos.
    Lamento mas de forma alguma se podem fazer estes cálculos de forma tão leviana. Por esse motivo o valor do aumento apresentado pelo”nadafaz” e superior a to do o valor faturado…
    Estive a fazer uns “calculos reversos” e Acho que ja ganhou o concurso da abobora. A abobora do jpa é de longer a major do Concelho. Eheheh!

    • João Paulo Albuquerque

      Caro Mente Brilhante;

      Os cálculos são de uma simplicidade primária e utilizou-se os dados disponíveis na altura e que ainda se mantêm.
      Deixe lá a abóbora, pois o melão que trás chega-lhe. Mostre é por A+B que estou errado.

      Obrigado
      João Albuquerque

      • Contas à saco azul

        Mostrarem por A+B? Estes indivíduos? Não pense nisso, só com mentiras, não se lembra do outro que só dizia seis vezes três dezoito, seis vezes três dezoito,…, tem que se fazer as contas. E foi-se embora sem as fazer.
        Estes é a mesma coisa, mostram cartazes com uns números mas as contas para os fundamentar não existem.
        Posto aqui consigo, que tal como o Guterres, estes também se vão embora e deixam o “lodaçal” oliveirense sem contas. Foi assim por todo o lado onde passou.

        • Assembleia Municipal

          Estavam habituados a outros sacos azuis,e aqui estão a continuar a obra.Outros tempos.Oliveira merecia outra gente.

    • Carlos Jorge

      És mesmo burro, por isso é que o valor de 700.000€, representa somente 140.000€ dos pretendidos quatrocentos mil. Por isso, é que o que fizeram é pouco ou nada, e se não fosse o roubo que nos fizeram, nada se conseguia.
      Tapem lá os buracos, e preparem mas é o concelho para ter água própria.
      Aldrabões.

    • Assembleia Municipal

      Engº da mula russa só se for o pequenito do Ervedal que se dá por nome de engº. e que estrebucha como um menino mimado na AM. Cresce e aparece. Estive nessa palhaçada e não vi números que me convençam. Sr. Presidente dê nºs certos aos oliveirenses.

  • Politicalex

    Ó João Paulo porque é que não metes aqui, os certificados e diplomas que tens? A ver se se calam de uma vez. Não precisas de falar das aulas que deste a certas inteligências e fizeram deles “doutores”..!

    • João Paulo Albuquerque

      Caro Politicalex;

      Era cair no ridículo, mas para ficares a saber, antes da faculdade, fiz um técnico profissional de Manutenção Mecânica em Seia, onde os meus professores foram quase todos depois dar aulas para a Guarda pois tinha na altura abrido o Curso de Engenharia Mecânica naquele Politécnico.
      Ganhei uma bolsa de estudos e fui fazer Mecânica na Universidade de Glamorgan em Cardiff, e é aqui que eles se confundem, porque na altura as Universidades Portuguesas teimavam em dar equivalências aos estrangeiros, embora recebessem muito dinheiro da CEE, teimavam em aceder ao processo de Bolonha, diziam que os cursos eram mais longos, o problema era outro, é que os cursos eram mais longos, mas tinham menos horas de aulas e de laboratórios, eram longos, mas a maior parte do tempo não era passado nas faculdades, por isso é que muitos tiveram que ser reajustados, e hoje estão todos como Bolonha manda. Até nessa altura já andava avançado.
      Depois fiz um Mestrado em Metalurgia na Universidade de Leeds, verdadeiramente difícil, dois semestres non-stop. Que vão lá fazê-lo para ver o que custa, não é por nada que é conhecida como a melhor faculdade em metalurgia do mundo, Ali, não são abóboras, nem requeijões, nem IP’s cincos. Depois disso, já fiz vários cursos específicos, como por exemplo o de Nível 5, em segurança, que por acaso é o máximo nesta área, só acessível a quem tem um curso superior.
      Quanto a ajudar os amigos e a terra, foi para mim sempre uma prioridade, e isso aqui, é o que verdadeiramente importa.

      Abraço
      João Albuquerque

      • João Paulo Albuquerque

        As universidades Portuguesas teimavam em NÃO dar equivalências.
        Faltou o não.

      • Assembleia Municipal

        Gostei de saber que ajudou alguns que andaram na IP’5 e os cursos que tem.Essa é a dor do presidente que se mostra um atraso de vida.Gostava de ter andado onde o Sr. andou.Há duas ou três pessoas de Oliveira que também estiveram em Leeds a estudar,que eu conheço.

      • Assembleia Municipal

        Muito bem Engº mostre a esses crápulas sem escrúpulos o que é ter estado em Leeds. Eles não tinham peso e mentes para isso. Vão lá beijar velhinhas e crianças para mostrar aquilo que não são.Se estiverem junto de gente sabedora e inteligente ficam enfiados a um canto caladinhos,se for junto de gente menos qualificada intelectualmente são os maiores,é beijos para cá,palmadas nas costa para lá.é isto que temos no nosso Concelho. Venha lá mais uma Assembleia com cartazes para rir mais um pouco,mas de tristeza.

    • Assembleia Municipal

      Doutores de quê.?. Professores com o 5º ano antigo. Houve alguns muito bons .

  • Politicalex

    O gozo é o ar de satisfeitos como dizem que fizeram um bom trabalho e que reduziram 700 mil quando pretendiam reduzir 400. O Lopes bem lhe disse para irem ler o que está na página 30 e 31 da acta da Assembleia de 28 de Dezembro de 2013,onde dizia para recuperarem primeiro a rede e aumentarem os preços depois, se fosse casos disso.Vêm vangloriar-se por nos terem sacado do bolso, 300 mil euros. E acham-se os maiores…Qual é a pressa de nos roubarem..? É para a bola e as festas..?

    • For Nik’s

      Feira, festas e futebol, dá 100 mil a cada um.
      O 3F’s só sabe disto.

  • Mente Brilhante

    Segundo os vossos cálculos o aumento da água poderia antingir os 65,04%.
    Logicamente bastaria multiplicar a facturação de 2013 por 1,65 e obtinha uma previsão, por excesso da facturação de 2014.
    Mesmo assim seria uma mera estimativa muito simplória, pois para calculos mais corretos teríamos de saber quantos consumidores existem em cada escalão pois os aumentos não foram uniformes e por conseguinte não podem ser obtidos através da regra de três simples.

    • Grande melão

      Dedica-te a outra coisa, que para os números não tens cabeça.
      Planta abóboras.

  • Tiranominhoto

    Ó rapar, então e da vida. O Sr. Eng. o que fez??? Faliu tudo por onde passou. A ver por estes cálculos, percebe-se o porquê de andar de curso em curso.
    Tente acertar num que não tenha de fazer contas, deixe isso para a sua mãe, que tem mais jeito.

    • Jeito e saliva

      A sério? Então quais?
      Para a malta saber.

  • boinas

    Engenheiro para ser levado a sério tem que se dar ao respeito. Ora então estão em plena Assembleia Municipal de boina na cabeça! Enfim…
    Chapéus há muitos!

    • Cuecas

      Tem aumento na taxa da água e do saneamento?
      Traria cuecas?

    • Assembleia Municipal

      Não o Sr.entrou de boina e tirou-a depois. Se usa boina é porque tem cabeça para ela,Para a próxima leve chapéu.Alguns que lá vi,entraram enrugados e saíram,talvez com o nervosismo,que pareciam ter sido torcidos,as caras são só rugas, e essas não se tiram,só com plástica.

  • Carteiro Paulo

    Olha lá JPA pede cópia do relatório ao Soviético. Ele é bom na missão de carteiro.
    Desta forma aprendes como fazer contas a sério.
    Que anedótico anunciavas ganhos de 2000000€ quando só foi faturado 1400000€.
    És mesmo bom naquilo que fazes.
    Já agora “trás” é diferente do que querias dizer “traz”
    😉

    • João Paulo Albuquerque

      Tem razão no “trás”, está mal, é efectivamente “traz” de trazer.
      Veja as datas, entenda os cálculos e tire as conclusões. Quando lhe passar o “melão”.

  • Engenheiro da treta

    Só tenho uma pergunta. Se és tão bom e tão competente porque é que estas desempregado? Porque e que estas em oliveira? Deves ser o unico engenheiro do mundo com qualidade e desempregado. Bravo!!!!

    • Empregador

      É verdade, já viste o azar.
      Os empregadores não se empregam. Ganham mais dinheiro e têm mais tempo para estar por a zona a por-vos na linha.

  • Mente Brilhante

    Acreditando que os aumentos que indica são entre 5,22€ e 32,72€, jamais se pode fazer uma média entre esses dois valores.

    Para sermos HONESTOS temos de ter em conta quantos consumidores tiveram aumentos de 5,22€ e quantos tiveram 32,72€ e quantos se situam no intervalo destes valores.

    A título de exemplo para 100 consumidores:
    40 consumidores tiveram aumentos de 5,22€;
    20 consumidores tiveram aumentos de 10,00€;
    15 consumidores tiveram aumentos de 15,00€;
    10 consumidores tiveram aumentos de 20,00€;
    10 consumidores tiveram aumentos de 25,00€;
    5 consumidores tiveram aumentos de 32,72€;

    Para calcularmos a média teríamos que fazer este cálculo basilar:
    média=(40*5,22+20*10,00+15*15,00+10*20,00+10*25,00+5*32,72)/100
    média=12,47€

    Os valores são meramente indicativos e vêm comprovar que os seus cálculos são estatisticamente um erro crasso, quer seja em Leeds, ou em qualquer escola básica portuguesa. Isto aprende-se para aí no 5.º ou 6.º ano,
    Para a próxima peça ajuda ao seu filho para não fazer as figuras que este comentário evidencia.

    • OE

      Eng. João Paulo Albuquerque e Eng. Augusto Dinis em off!
      Ainda apanham um processo da Ordem dos Engenheiros pelos magníficos cáculos.

      • João Paulo Albuquerque

        Em off:
        Abóboras, dedica-te.
        Talvez tenhas futuro.

        • Vida boa

          Em vez de passares a vida agarrado ao CBS – online bem que poderias dedicar-te à agricultura.
          Mantinhas uma ocupação válida e fazias qualquer coisa de útil pela sociedade.

          • JPA

            Caro Mente;

            Quem pode, pode.
            Identificar e desmascarar estes aldrabões é muito útil à nossa sociedade.
            A agricultura é para ti.
            Abóboras.

    • João Paulo Albuquerque

      É a ultima vez, que te respondo, pois fazes-me perder tempo.
      Para fazeres os cálculos, tens que comparar dados existentes. A informação relativa aos 400.000€, é 1,90€ para o 1º escalão e 5,60€ para o último. O que obriga a usares os seus correlativos, que são 5,22€ e 32,72€ respectivamente.
      Deixa de inventar, pois mostras que pouco sabes de matemática e menos ainda de interpretação do Português.
      Dedica-te ao cultivo da abóbora.

      • Luís Santos

        ERRADO 400.000€ era a previsão para o aumento em todos os escalões.
        Veio a concretizar o valor de 370.000€ devido aos aumentos.
        Pede o relatório ao Soviético (que tem os dados que não utilizas nos teus cálculos) que ele entrega-to num envelope perfumado!
        Contaria matematicamente os cálculos se fores capaz disso.
        É um erro deplorável calcular a média entre o máximo e o mínimo.

        • JPA

          Para que vens agora com outro nome?
          Caro Mente, faz as contas outra vez, mostra lá dados desconhecidos, para me rir um pouco.

          • Carlos Coelho

            São públicos, publica-os aqui à semelhança de outros casos!
            É verdade, esqueci-me, este “jornal” é pouco isento e só publica o que lhe interessa.
            Termino dizendo que em MÉDIA dedicas muito da tua vida a destilar ódio sobre a Câmara Municipal.

          • JPA

            Agora virou-se para Carlos Coelho? Mente não serve?
            Toda a informação conhecida está aí. Os resultados agora obtidos, só servem, neste caso, que os 700 mil euros, representavam 140 mil no processo inicial. O que prova que pouco se fez, e que a poupança é proporcional ao consumo, o que prova que é negócio e não serviço.

          • João de Albuquerque

            Continua a ser pouco conhecedor do relatório.
            Leia uma vez, se não compreender leia outra vez e continuar sem compreender leia mais uma vez. Caso continue sem entender os dados factuais, peça a alguém que lhe explique.
            Sabe qual foi o volume que reduziram no saneamento?
            Sabe quanto é que foi facturado de água pelos aumentos?

          • JPA

            João de Albuquerque sou eu, calma com isso, o mais que você pode ser, é deMente,
            Quer dizer que os dados são falsos. Quer dizer que os valores que o Sr Presidente deu são outros. está a afirmar que o Sr Presidente mentiu na AM? Os dados apresentados aos deputados são diferentes dos que receberam os vereadores?
            Isso caro deMente é outro assunto. Este, se pode ser diferente, só tem que mostrar como, mas assine com o seu nome verdadeiro.

          • Nuno Pinto

            Mas afinal tem os dados ou não?
            Leia o relatório que é um documento fidedigno
            Desafio-o a pegar nos dados e a contrariá-los aqui.
            Mas não o faça de forma leviana apresentando cálculos da treta como a média que apresenta no artigo de opinião, o que lhe fica muito mal como engenheiro.

          • JPA

            Caro deMente;

            Mas quais dados? Eu só tenho a informação que ouvi na AM.
            Isso é que interessa. Mas quais dados? Se são resultados, o que quer que eu faça? Aqui foi somente mostrado quem são os ignorantes e os incompetentes, mas dá para ver que o fornecimento da água para além de ser um serviço, é um negócio. Mas isso já muitos o disseram, o deMente é que parece não querer ver.

          • João Pardal

            Ignorante foi quem calculou a média como calculou!
            Quanto ao negócio da água peça ao Mário Alves que o esclareça melhor e por que razão temos uma das águas mais caras do país.
            Os contratos com a Agua do Zêzere e Côa foram assinados nesse tempo.
            Se houve alguém que se fez algo para contrariar este esquema de desfavorável aos Oliveirenses foi precisamente José Carlos Alexandrino.
            Quanto ao facto de o Município ter a própria água, sugiro que leia a Lei.

          • JPA

            Os culpados dos aumentos, foram o Mário Alves e a Lei? Foram estes que aumentou as taxas e as tarifas? Ok.
            A artigo então, está operacional. Óptimo. Boa noite, vou dormir.
            Descase a mente, deMente.

          • MAMA

            Mário Alves só foi o primeiro responsável pelo défice da água, os aumentos são uma inevitabilidade

          • JPA

            Ó deMente vai dormir, para amanhã estares fresco para as abóboras.
            Tu não sabes que: Aumentos, aumentos, negócios à parte.
            Esta água, quem a meteu, foi o Alexandrino.

        • António Lopes

          370 mil em quantos meses..? Rigor, senhores, rigor..! 370 mil, dizem eles.Não me forneceram qualquer elemento que o comprove…

  • José Pedroso

    Caro Mente Brilhante,

    Obrigado pelo esclarecimento.
    É assim mesmo que se calcula o aumento médio do tarifário.
    Nunca poderia ser feito da maneira como o autor do artigo indica.

    • JPA

      Ó deMente, já agradeces a ti próprio. Estás mesmo demente, mas sempre me fizeste rir um pouco.
      Vai dormir, descansa sobre essas contas, para amanhã ires para as abóboras.

  • António Lopes

    E porque é que não fazem as contas pelas que o Senhor presidente apresentou 6ª feira?
    Segundo ele, este ano, 2014, reduziram o prejuízo em 700 mil.Pelas minhas contas foram 789 mil, e ainda não as contestaram, nem me explicaram as deles, como pedi,Dizem no documento que, para o ano, conseguem reduzir mais 750 mil.No documento apresentado na AM de 28 de Dezembro , dizia-se que se pretendendiam eliminar o prejuizo que era de cerca de 1, 100 000 00 (um milhão e cem mil) Embora por escrito se falasse num milhão já que as contas apresentadas diziam que, em 2012, o déficit tinha sido um milhão e um mil euros.Destes, 400 mil eram aumento do tarifário, 600 mil eram redução de perdas e ganhos de instalação dos novos contadores.Defendi, nessa assmbleia, que instalassem os contadores, reduzissem se possível eliminassem as perdas e infiltrações e, depois, aumentassem o tarifário.Mas como é preciso fazer as “maiores” tudo, foram ao mais fácil.Aumentaram logo o tarifário e, mais do que o anunciado.Ora se segundo os números apresentados pela Câmara, em 2 anos vão recuperar um milhão quatrocentos e cinquenta mil euros,.para quê aumentar 400 mil aos consumidores? Afinal, segundo eles, vão recuperar o défiit só com a recuperação das perdas,eliminação das infiltrações, e instalação de contadores. Pelas minhas contas, neste momento, para o equilíbrio, faltam 300 mil euros.Deixei lá as contas e , ainda hoje as vou publicar aqui.Se o Objetivo era recuperar 500 mil se recuperaram 700. porque não devolvem os 200 mil? Fazem falta para o maior requeijão e para a maior abóbora? E ninguém é preso…

  • António Lopes

    O Senhor Presidente da Câmara, num estilo que lhe é peculiar,começou por apresentar este ponto, o VI e último da ordem de trabalhos, dizendo: “Havia alguns que não queriam que este assunto da água se discutisse”…Referia-se ao facto de eu ter ameaçado impugnar a Assembleia, se os documentos de suporte não fossem entregues dentro dos prazos legais. É que, na convocatória da Assembleia dizia-se que,os documentos seriam entregues no início dos trabalhos.Afinal quem é que não queria discutir? É com a entrega na hora que eu podia fazer este estudo e comentários? Se os documentos enviados foram os que foram discutidos na reunião de Câmara porque não foram enviados com os demais documentos da AM? O estudo abaixo, foi feito com a informação contida na acta da Câmara, já que do tão falado estudo uns gráficos e a recolha dos esgotos nas etars. Nada mais. Foi com esses números que elaborei as minhas premissas.Tive o cuidado de dizer que acreditava que o estudo estivesse bem feito.Pedi foi para contestarem estes meus números que foram , repito, decalcados da informação do Senhor Presidente.Bem tentou e tenta, o Senhor Presidente virar os trabalhadores contra mim.Eu disse na AM e mantenho que quem responde politicamente são os políticos, não são os funcionários.Como demonstrei, noutro local, o endividamento da Câmara em 2009 não era o que o Senhor Presidente apresentou, conforme os mapas que publiquei.Quem não respeita os funcionários e os estudos que eles apresentam, é quem fala de números diferentes dos que estão nos estudos.Quem faz isso é o Senhor Presidente, como fica demonstrado.

  • António Lopes

    O Senhor Presidente da Câmara, num estilo que lhe é peculiar,começou por apresentar este ponto, o VI e último da ordem de trabalhos, dizendo: “Havia alguns que não queriam que este assunto da água se discutisse”…Referia-se ao facto de eu ter ameaçado impugnar a Assembleia, se os documentos de suporte não fossem entregues dentro dos prazos legais. É que, na convocatória da Assembleia dizia-se que,os documentos seriam entregues no início dos trabalhos.Afinal quem é que não queria discutir? É com a entrega na hora que eu podia fazer este estudo e comentários? Se os documentos enviados foram os que foram discutidos na reunião de Câmara porque não foram enviados com os demais documentos da AM? O estudo abaixo, foi feito com a informação contida na acta da Câmara, já que do tão falado estudo uns gráficos e a recolha dos esgotos nas etars. Nada mais. Foi com esses números que elaborei as minhas premissas.Tive o cuidado de dizer que acreditava que o estudo estivesse bem feito.Pedi foi para contestarem estes meus números que foram , repito, decalcados da informação do Senhor Presidente.Bem tentou e tenta, o Senhor Presidente virar os trabalhadores contra mim.Eu disse na AM e mantenho que quem responde politicamente são os políticos, não são os funcionários.Como demonstrei, noutro local, o endividamento da Câmara em 2009 não era o que o Senhor Presidente apresentou, conforme os mapas que publiquei.Quem não respeita os funcionários e os estudos que eles apresentam, é quem fala de números diferentes dos que estão nos estudos.Quem faz isso é o Senhor Presidente, como fica demonstrado.

    • João Paulo Albuquerque

      Sr António Lopes;

      Agradecendo a visita, assim como as suas intervenções na passada AM, pois mostraram aos oliveirenses porque é o Primeiro Eleito à Assembleia, e mais não digo, porque mostraria a degradação em que se encontra a Vereação e a própria Assembleia. Passemos ao tema;
      O seu estudo assenta sobre dados concretos, aqueles que lhe foram fornecidos.
      O que aqui apresentei, nada teve a ver com essa situação, pois refere-se a comparações de taxas e tarifas executadas e propostas. No entanto, ambas as situações mostram que estão a negociar e não a servir.

      Atenciosamente
      João Paulo Albuquerque

  • António Lopes

    O Senhor Presidente da Câmara, num estilo que lhe é peculiar,começou por apresentar este ponto, o VI e último da ordem de trabalhos, dizendo: “Havia alguns que não queriam que este assunto da água se discutisse”…Referia-se ao facto de eu ter ameaçado impugnar a Assembleia, se os documentos de suporte não fossem entregues dentro dos prazos legais. É que, na convocatória da Assembleia dizia-se que,os documentos seriam entregues no início dos trabalhos.Afinal quem é que não queria discutir? É com a entrega na hora que eu podia fazer este estudo e comentários? Se os documentos enviados foram os que foram discutidos na reunião de Câmara porque não foram enviados com os demais documentos da AM? O estudo abaixo, foi feito com a informação contida na acta da Câmara, já que do tão falado estudo uns gráficos e a recolha dos esgotos nas etars. Nada mais. Foi com esses números que elaborei as minhas premissas.Tive o cuidado de dizer que acreditava que o estudo estivesse bem feito.Pedi foi para contestarem estes meus números que foram , repito, decalcados da informação do Senhor Presidente.Bem tentou e tenta, o Senhor Presidente virar os trabalhadores contra mim.Eu disse na AM e mantenho que quem responde politicamente são os políticos, não são os funcionários.Como demonstrei, noutro local, o endividamento da Câmara em 2009 não era o que o Senhor Presidente apresentou, conforme os mapas que publiquei.Quem não respeita os funcionários e os estudos que eles apresentam, é quem fala de números diferentes dos que estão nos estudos.Quem faz isso é o Senhor Presidente, como fica demonstrado.

  • JPCRUZ

    nao acha que isto são contas a mais para aquelas mentes captas?
    é que o que dá ter professores a gerir os destinos autarquicos.
    quando se aumenta a água antes de fazer um estudo previo e de pedir uma indemnização as Águas Zêzere e Côa pelo dinheiro a mais que cobra á autarquia.

    saudações comunistas

    • João Paulo Albuquerque

      Caro JPCRUZ, não vê que eles nem do seu “peso” ainda se aperceberam bem!
      Qual era o problema de o deixarem falar? O regimento obriga a não aceitarem a sua inscrição por email? Então que limpem o cu ao regimento. São uns fascista da pior espécie.

      Abraço
      João Albuquerque

  • António Lopes

    Eu não queria monopolizar.O estudo que a Câmara enviou à Assembleia, no essencial é a intervenção do Presidente na reunião de Câmara.Só não falou na factura dos esgotos, que foi o único número que tirei do estudo.O resto tirei tudo da conversa do presidente, que não costuma ter nada a ver como o que lhe apresentam..Se quiserem posso pôr os documentos que ele mandou que, para o caso,dizem nada…
    .

  • Pombices

    Este tipo não tem nível nenhum. Recomendo, aliás, que tente ser eleito para mandar postas de pescada na AM. Duvido é que consiga…

  • prof

    Para quem tanto se ofendeu com o peso é muito mal educado e mal formado. Mostre alguma personalidade ou nao percebe que é usado? Se tivesse ido às aulas sabia que não se diz “mentes captas” mas sim “mentecaptas”. Os professores fizeram-lhe mal? Pergunte a um dos seus mentores, João Dinis, qual é a formação dele. Pois, é professor. Muito mal vai isto quando olhamos para o futuro e vemos que são jovens com esta postura que querem chegar à politica.

    • JPCRUZ

      parece que a minha noticia não incomodou só o senhor Presidente da Câmara. Parece que alguns apanharam com os destroços.

  • Ave Rara

    Então essa “inteligência” e essa “competência toda apresentada com truques de ilusionismo transformador de verdades em chorrilhos de aldrabices, não foi suficiente para que a lista “arranjada” à pressão pudesse vencer as eleições internas na SRE, as aves setembrinas, finalmente foram conduzidas à serventia da casa que é a rua, tanta “credibilidade” e “inteligência” tem servido para NADA. Dia histórico no Ervedal, finalmente e novamente alguém capaz e competente para conduzir os destinos de tão ilustre Entidade Ervedalense, afastando finalmente quem só denigre, enxovalha e trai os amigos e de quem ninguém gosta na sua terra natal nem no concelho. Parabéns à Lili e a todos os que a acompanham na lista, desejo as maiores felicidades e faço votos para que realizem um bom trabalho. O Povo está com vocês.

    • Je suis Inacio

      Manel, cá andas tu disfarçado.
      Gostaste de ver os Sr Presidentes a levarem a maior lição de seriedade, solidariedade e política da vida deles. Custou-te vê-los sair na lama. Quando se meterem nelas, que pelo menos vão preparados.
      O Sr Presidente preparou a lista que ganhou, e viu amigos de longa data apresentarem uma lista concorrente. Já dá para teres uma ideia de como anda a influencia dele lá pelo Ervedal. Vamos ver como termina.
      No Ervedal, toda a gente está esclarecida, e sabem bem, quem promove e apoia lista. Vais vê-los levarem mais tareia, podes estar descansado.

      • Ave Rara

        Sim sim, conta-me dessas, o pior cego é aquele que não quer ver, sabes quantos votos teve a lista vencedora e a lista que foi vencida ? Levas-te um banho e ainda vens cheio de léria. São derrotas caseiras e fora de casa, umas atrás das outras. Vais continuar a levar, também podes ficar descansado.

        • Je suis Inacio

          Manel, cá vens tu outra vez. Explica-nos essa das lista? Era alguma zebra?
          Parece que os antigos amigos do presidente não gostaram muito da lista que ele quis…porque é que ele não ficou para a votação?
          O antigo presidente queria era sair…agora quem lá ficar que mostre o que vale.
          Parece que queres ver o video…pode ser que vá para a net para vermos todos.
          Vai preparando as malas, que a partida está para breve.

  • Sociosocio

    O Alex ainda não viu,que foi a para tosquiar e foi tosquiado.? Ainda se não deu conta do atrasado que é? O que lá ouvi nessa Assembleia foi que o Presidente ficou mais algum tempo a pedido,para sanarem as contas,que estavam em falta.Nem os que contigo se prenunciaram

    • Sociosocio

      Estás cada vez mais ignorante,nem os que levaste contigo se pronunciaram.Não sabiam falar?

  • alvalade

    Pombo não te sentiste tão só naquela assembleia? Já ninguém te leva a sério.

    • Adjunto de ordens

      Quem é de levar a sério é o que anda tão preocupado nos ataques pessoais em vez de governar o Concelho.Cada cavadela sua minhoca.Cada tiro cada melro…Eu acho é que já não deve ter pés…

    • Brinca brinca

      Então não estava a plateia cheia? Olha que estava.
      Pois não. Levam tudo a brincar.

    • Sociosocio

      Vale mais só do que mal acompanhado,digo eu.