Escolas do concelho subsidiadas com mais de 35 mil Euros

O Agrupamento de Escolas Brás Garcia de Mascarenhas é o que absorve a maior fatia (20 370 Euros) do subsídio que a autarquia de Oliveira do Hospital acaba de dirigir aos vários estabelecimentos de ensino concelhios no valor de 36 240 Euros.

O valor distribuído de forma proporcional ao número de alunos que frequentam os jardins de infância e as escolas do 1º Ciclo de Ensino Básico de cada agrupamento de escolas, traduz-se na atribuição de 5.710 Euros ao Agrupamento da Cordinha (152 alunos) e de 5.430 Euros e 4.730 Euros aos agrupamentos do Vale do Alva (148 alunos) e de Lagares da Beira (130 alunos). O Brás Garcia de Mascarenhas é frequentado por 700 alunos.

Na hora de justificar a atribuição do subsídio às escolas, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital adianta, em comunicado, que apesar da atual conjuntura sócio-económica do país, “não devem ser as estruturas que contribuem para o desenvolvimento social do concelho a pagar a fatura de uma crise que tem vindo a cortar o investimento público em áreas fundamentais, como a saúde, o apoio social e a educação”.

LEIA TAMBÉM

Jovens cientistas da EPTOLIVA de Tábua desenvolvem Compósito Antisséptico e conquistam segundo lugar na XI Mostra Nacional de Ciência

Jovens estudantes da Eptoliva, na Tábua, no distrito de Coimbra, desenvolveram uma solução desinfectante a …

A escola ou a escolinha (?). Autor: António Ferro.

Durante várias décadas, fui assistindo às mudanças (algumas drásticas e escusadas) no sistema de ensino …