Esgotos a céu aberto: um problema sem solução à vista…

Tanto na zona norte como na zona sul do concelho, são cada vez mais frequentes as queixas sobre a existência de fossas sépticas que – por falta de manutenção –, deixam transbordar autênticos ribeiros de esgotos por campos de cultivo onde os proprietários já não ousam sequer plantar ou semear o que quer que seja.

Recentemente questionado em reunião de executivo camarário sobre uma situação que ocorre em Fiais da Beira há já vários anos (ver notícia neste diário digital), o presidente da Câmara, que tem em sua posse ofícios da Junta de Freguesia de Ervedal da Beira a solicitar a intervenção dos serviços técnicos, diz desconhecer o problema e promete “mandar averiguar”. O problema é que, mesmo perante as recorrentes notícias dos jornais, ninguém averigua nada e tudo continua como dantes.

Esta manhã, na freguesia de Seixo da Beira, na localidade de Póvoa da Barbeira, as imagens que o correiodabeiraserra.com recolheu são elucidativas e valem mais do que mil palavras… Nas imediações do local onde se encontra a fossa séptica, com poços de água por perto, o cheiro é imundo, há muitas moscas e os terrenos estão praticamente todos de poiso.

Acresce que esta situação, já foi denunciada por este diário digital há sensivelmente um ano e há quem se interrogue se é assim tão difícil à autarquia oliveirense colocar no terreno um “limpa-fossas” a percorrer a “rota dos esgotos a céu aberto”.

 

Sublinhe-se que este tipo de crimes ambientais, são punidos pela legislação portuguesa, pois segundo o artigo 279º do Código Penal, nestes casos de negligência “o agente, actua de forma grave quando: a) Prejudicar, de modo duradouro, o bem-estar das pessoas na fruição da natureza; b) Impedir, de modo duradouro, a utilização de recurso natural; ou c) Criar o perigo de disseminação de microrganismo ou substância prejudicial para o corpo ou saúde das pessoas.

Quanto às provas do crime ambiental, estão estampadas – mais uma vez – nesta edição online.

LEIA TAMBÉM

Dois detidos em flagrante em Tábua por cultivo de cannabis

O Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial da Lousã deteve, ontem, dois homens com …

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Apenas um elemento do grupo suspeito de vários crimes na zona Centro ficou em prisão

Dos cinco jovens, com idade entre os 22 e os 28 anos detidos pela PJ …