Espectáculo multimédia “As músicas que os vinhos Dão” anima 23 ª Feira de Vinho do Dão de Nelas

Espectáculo multimédia “As músicas que os vinhos Dão” anima 23 ª Feira de Vinho do Dão de Nelas

A edição deste ano da Feira de Vinhos do Dão, que se realiza na Praça do Município, em Nelas, nas entre 5 e 7 de Setembro de 2014 vai contar com espectáculo multimédia da autoria de António e Sandra Leal, idealizado para o contexto específico do evento. O espectáculo, de 30 a 40 minutos, realiza-se durante todas as noites da feira e procura apresentar “o vinho de forma alegórica”.

Com os vários meios técnicos e multimédia disponibilizados, a ideia principal, segundo um comunicado, “consiste em dignificar o evento e aproximá-lo mais ainda dos visitantes da feira, proporcionando experiências audiovisuais e emocionais de forte impacto que possam traduzir-se em memórias inesquecíveis”.

“Idealizar este espectáculo foi relativamente simples, atendendo à belíssima paisagem beirã. Embora seja de Lisboa sou um apaixonado pelo Dão, e tenho feito muitos trabalhos na região”, explicou um dos autores António Leal. “Sou também um apaixonado por vinhos, por isso fui buscar a inspiração a várias fontes. Demorámos cerca de um mês e meio a preparar o espectáculo mas, logicamente, até à última hora estamos sempre a tratar de pormenores”, frisou.

O espectáculo irá realizar-se na zona frontal do Edifício da Câmara Municipal de Nelas incidindo especialmente sobre a fachada frontal e o largo da escadaria que servirá de palco. Será ali recriado o ambiente de uma grande taberna, intemporal. A acção irá desenrolar-se em três zonas distintas. Em três mesas. Cada uma delas definida por um estilo ou género. Na mesa dos nobres vão cantar-se áreas de óperas famosas dedicadas ao vinho. Na mesa dos castiços, fados também eles dedicados aos vinhos. Por último, na mesa central, a do povo, surgem alguns números de musicais famosos onde o vinho se destaca. A fachada da Câmara será utilizada para projecção de ‘videomapping’ apropriado à acção e ao ambiente.

 

Foto: www.flickr.com

 

 

 

LEIA TAMBÉM

Primeiro-ministro vê nas biorefinarias uma “oportunidade” para aproveitar a floresta e elogia trabalho desenvolvido na BLC3

O primeiro-ministro destacou ontem na inauguração do Campus de Tecnologia e Inovação BLC3, em Oliveira do …

António Costa remete construção do IC6 para “quando haja condições financeiras”

O primeiro-ministro não se compromete com uma data para a construção do IC6 entre Tábua …