“Especulando” mas nem tanto assim... Também por aqui, o sistema “manda” que se pressione a opinião pública no sentido de se reduzir o...

“Especulando” sobre eleições autárquicas

… debate sobre as próximas eleições autárquicas às “personalidades”, suas hesitações e vontades expressas ou “inventadas”.

Continuo a afirmar que, em Oliveira do Hospital, a “personalidade”, só por si, não determina a vitória nas eleições para a Câmara Municipal, embora também não seja indiferente ao eleitorado em geral.

Isto é, para ganhar as eleições municipais, a “personalidade” tem que juntar ao prestígio (que eventualmente tenha) os apoios organizados que reuna, nomeadamente os apoios activos de (pelo menos) um dos partidos eleitoralmente maioritários no Concelho.

Mas, reunidas essas condições básicas, digamos assim, a “personalidade” pode fazer pender a seu favor várias centenas de votos se acumular um predicado muito especial: – o do poder ( institucional ou de facto, neste último incluído o poder económico).

Ora, por aqui, há uma “personalidade” que dispõe desse poder institucional/municipal há já vários anos e que é o actual Presidente da Câmara. Estará ele, agora, com a sua imagem muito desgastada junto de muitas centenas de eleitores?

No nosso contexto, há outra “personalidade” – que se apresenta como “presidenciável” – que também dispõe do poder de (ainda) ser o líder da Concelhia local do PSD, o partido de facto hegemónico em termos autárquicos.

No plano estritamente partidário do PSD local, esses dois poderes têm-se degladiado e têm-se mantido ao mesmo nível. As várias votações internas do PSD, ocorridas nos últimos 3 anos, revelam este partido persistentemente “rachado” a meio e com centenas de militantes envolvidos em tais votações. Mas, note-se, isto é para já constatável a nível interno do PSD e não no seio do eleitorado.

Ora, esta divisão interna do PSD é um factor político qualitativamente diferente em Oliveira do Hospital (desde há já muitos anos) e, sobretudo por aí, poderá passar algum resultado eleitoral mais inesperado, digamos assim. E é por essa brecha que espreita o PS, esperançoso. Aliás, no momento, a maior “força” local do PS é esta “fraqueza” interna do PSD…

Porém, o actual líder da Concelhia de Oliveira do Hospital do PSD vai ter um dilema :

– Se aceitar encabeçar uma lista, dita de “independentes”, a concorrer contra o actual Presidente de Câmara e indigitado cabeça de lista oficial do PSD, ele ( o actual líder da Concelhia do PSD) vai ter de se demitir da liderança do partido. Logo, vai perder esse poder ( e parte importante do chamado “aparelho partidário”). Logo, fica fragilizado. Depois, quem vai surgir perante os simpatizantes/ votantes mais “tradicionais” do PSD, como sendo o responsável pela divisão deste partido face às próximas eleições autárquicas e face aos seus adversários ? Quem surgir com essa imagem também fica fragilizado.

Por outro lado, mantendo essa sua candidatura, dita “independente”, o actual líder concelhio do PSD vai ter como indispensável o reunir, na mesma lista, outras “personalidades” conotadas com outros partidos ou com relevantes actividades sociais, culturais e desportivas.

E é desta situação que o PS tem pânico. E, dessa candidatura, receio terá, também, a “entourage” do já indigitado cabeça de lista do PSD.

Mas o Presidente da Câmara e indigitado cabeça de lista mantém, sempre, a (enorme…) vantagem de ser o poder autárquico instituído. E, muito agarradas a esta, vem a vantagem da obra realizada ou a desvantagem da obra não realizada. Ora, este aspecto da obra, ou da falta dela, são factores objectivos dos mais determinantes para a contagem final dos votos entre adversários – “personalidades” – relativamente equivalentes. E são esses aspectos objectivos que é necessário elencar e divulgar. Isto, num Executivo Municipal em que, não esqueçamos, o PS tem 3 Vereadores, para 4 do PSD (nestes incluindo o Presidente). E em que – nas sessões de Câmara e da Assembleia Municipal – o PS quase sempre votou a favor dos maiores erros da gestão municipal protagonizada pela maioria PSD na Câmara.

Ou seja, aos desmandos do governo PS – que tão severamente castiga a População e o nosso Município – há que juntar essas más opções do PS local, apesar da “gritaria” que este gosta de fazer…a fazer de conta que é oposição “a sério” ao PSD local…

Andará “distraído” o Presidente da Distrital de Coimbra do PS ?…
Foi de forma aparentemente distante e mesmo desagradável que o líder da Federação Distrital de Coimbra do PS se referiu, na comunicação social ( no Diário de Coimbra), aos eventuais cabeças de lista deste partido quer à Câmara quer à Assembleia Municipal do nosso Concelho. Num e noutro casos ele reconhece que… não conhece os protagonistas e remete o assunto ( a escolha) para a concelhia local. Assim, tudo “ a correr”, como se não coubesse à Federação Distrital – da qual ele é o líder – conhecer e confirmar os candidatos ( e, depois, à própria Direcção Nacional desse partido). Aliás, à data em que escrevo, chega a ser insólito o facto do PS já ter confirmado o seu cabeça de lista à Assembleia Municipal e ainda não ter sido confirmado o cabeça de lista à Câmara… Ora, esta situação revela as dificuldades do PS e já o está a fazer perder mais terreno “eleitoral”.

Ou seja, para além de “insultar” o nosso discernimento nestas matérias, o líder da Federação Distrital de Coimbra do PS menorizou, objectiva e subjectivamente, os eventuais candidatos e sobretudo menorizou o nosso Município. Quer dizer, para ele, “isto” por aqui, por Oliveira do Hospital, é uma espécie de “baldio” longínquo por onde andam uns “serranos” que, afinal, pouco ou nada lhe interessam… Sim, ao que parece, é esta a forma como os “altos” dirigentes do PS vêem o nosso Município.

* Autarca da CDU – Oliveira do Hospital

LEIA TAMBÉM

O abandono a que a nossa região está entregue já não se resolve no mero debate político partidário. Autor: Luís Lagos

Às vezes, fruto da existência de algumas mentes menos iluminadas, desorientadas ou travadas pela ignorância, …

Incêndio

Anda tudo a gozar connosco!!! Autor: Luís Lagos

Anda tudo a gozar connosco!!! Eu estou absolutamente farto!!! Fartinho!!! Haverá quem leia este post …