Estalagem de Santa Bárbara de novo na posse da ENATUR

Não passou de uma miragem a indicação de que a antiga pousada, localizada na Póvoa das Quartas, no concelho de Oliveira do Hospital, ia ser vendida. A Escritura de Venda – conforme foi anunciado pelo presidente da Câmara no início do ano – chegou até a estar marcada para 19 de Fevereiro.

Mas, “razões que se prendem com o incumprimento do Contrato de Promessa de Compra e Venda, por parte da promitente compradora” terão inviabilizado o negócio e, levado a ENATUR a decidir-se por retomar a posse do edifício.

Isto mesmo foi explicado pelo autarca de Oliveira do Hospital, em reunião realizada dia 31 de Março, quando dava conhecimento ao executivo de uma carta remetida pela Empresa Nacional do Turismo a dar conta da situação.

Mário Alves informou ainda que a ENATUR está a tomar todas as providências no sentido de proteger o edifício do risco de maior degradação, uma vez que se encontra encerrado e abandonado há já algum tempo.

Recorde-se que, já no início do ano, os sinais de abandono e de vandalismo visíveis no imóvel motivaram uma interpelação do vereador José Ribeiro de Almeida dirigida a Mário Alves, sobre a necessidade de se tomarem medidas para inverter a situação. “Já pensou nalguma coisa sobre esse assunto, ou na possibilidade de lá ser instalada uma residência académica ou uma pousada da juventude?”, chegou a questionar o socialista, recebendo a informação de que a Estalagem, segundo indicação da ENATUR, ia ser vendida e “não ao antigo promotor”.

A pousada de Santa Bárbara  – como era designada – englobou a rede das Pousadas de Portugal até meados de 2002, altura em que encerrou. A reabertura aconteceu dois anos depois como Estalagem.

Construído na década de 70 do século passado, o edifício foi projectado desde os anos 50 pelo arquitecto e intelectual Manuel Tainha acabando por ser classificado como Edifício de Interesse Público pelo IPPAR. Todos os pormenores foram pensados pelo Mestre Tainha que primou por irromper com as linhas típicas da época.

O imóvel encontra-se encerrado há já quase dois anos e cai, agora, por terra, a possibilidade de a breve prazo a Estalagem de Santa Bárbara, retomar a actividade enquanto operadora turística de referência.

LEIA TAMBÉM

José Carlos Alexandrino acusa Governo de discriminação na ajuda pós-incêndios

O presidente da câmara de Oliveira do Hospital acusou o Governo de estar a discriminar …

Presidente da CM de Oliveira do Hospital indignado por FPF esquecer Coimbra e quer jogo de solidariedade da selecção naquela cidade

O presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, criticou a Federação Portuguesa …