Estância de ski da Serra da Estrela abre no próximo sábado com novas atracções

A estância de ski da Serra da Estrela abre no próximo sábado e os responsáveis pelo espaço acreditam que os investimentos concretizados na estância vão poder aumentar o número de turistas e praticantes da modalidade. Nos últimos meses foram investidos cerca de 800 mil euros na melhoria das condições dos telesquis e da telecadeira, mas a grande novidade vai para a aquisição e instalação de um novo tapete para a área de iniciação e que pode contribuir para aumentar o fluxo de praticantes

No ano passado cerca de 30 mil pessoas passaram por aquele espaço, mas o objectivo passa por conseguir que o número ultrapasse os 50 mil até ao dia 26 de Abril do próximo ano. O director daquela estrutura, Carlos Varandas, garante que tudo está a postos para que a estância possa iniciar a sua actividade na próxima semana. “Se houver neve vamos fazer a abertura sem necessidade de recorrer à produção de neve artificial mas se tal não acontecer, e desde que tenhamos frio, iremos produzir neve de cultura e abrir com três ou quatro pistas. Pelas informações que temos existe a expectativa de poder nevar ao longo da próxima semana o que poderá permitir a abertura de mais pistas o que é a nossa pretensão óbvia”, explica.

Carlos Varandas acrescenta que os investimentos contemplaram ainda a construção de uma nova zona de lazer e o reforço na compra de equipamentos para iniciação, que vai permitir que as aulas de esqui sejam ministradas a crianças a partir dos três anos. “Vamos fazer essa aposta uma vez que já temos esse equipamento todo na nossa posse; para além disso abrimos uma segunda loja no topo da estância, junto à Torre, e também criámos um novo ‘fun park’ onde vai existir uma área fechada para trenós, insufláveis e ‘donuts’ e que se pretende que seja uma zona de divertimento para todas as pessoas que vem à Serra da Estrela e não pretendem fazer esqui”, remata.

Fonte: www.beiras.pt

Foto:Facebook  Estância de Ski da Serra da Estrela

LEIA TAMBÉM

AVMISP avisa, após reunião Marcelo Rebelo de Sousa, que falta de apoios pode levar empresas afectadas pelos incêndios a encerrar

A Associação das Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP) lamentou hoje, na …

Ano de 2017 foi o melhor de sempre para o turismo no Centro de Portugal

O ano de 2017 foi o melhor de sempre para a atividade turística no Centro …