Estátua da queijeira

Estátua de homenagem à queijeira já se encontra na rotunda entre Ervedal e Vila Franca da Beira

12788001_1755006291385416_1505249737_nA estátua que pretende homenagear a Queijeira Serra da Estrela já foi colocada na rotunda da estrada
que une as localidades de Ervedal e Vila Franca da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital. A obra da autoria do professor de artes da Escola Secundária de Oliveira do Hospital Manuel Machado surgiu a partir de um concurso lançado pela autarquia oliveirense em Agosto de 2014, tendo o protótipo sido apresentado pelo autor, juntamente com o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino, em Fevereiro do ano passado. A obra aparece publicamente numa altura em que o conselho realiza (amanhã e domingo) a 25ª Festa do Queijo Serra da Estrela.

“Esta é uma obra que visa prestar um tributo não só à mulher Queijeira, como à arte ancestral de fazer o 11002376_887731597913969_2146055542_o-e1424098558688queijo”, sublinhava a autarquia quando lançou o concurso desta ideia, salientando que a obra tem por objectivo “perpetuar a arte e a profissão na consciência concelhia e até nacional”. “O Queijo Serra faz parte da cultura oliveirense e o Município tem apostado numa política de promoção do Queijo Serra da Estrela, através da realização anual da Festa do Queijo, da edição de livros alusivos ao tema e do apoio aos produtores e ao movimento confrádico”, referia na altura um comunicado da autarquia.

12784645_1755006244718754_724613815_n “Se, por um lado, a importância do pastor já foi reconhecida publicamente pelo Município, através da colocação de uma estátua na principal entrada da cidade, falta perpetuar o valor da mulher Queijeira que, para além do afã doméstico, abraça diariamente tão relevante tarefa”, rematava ainda a nota da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

Foto da apresentação do protótipo: Cristina Luís (espalhafactos.com)

 

LEIA TAMBÉM

“Não reúno condições objectivas que reputo de indispensáveis, necessárias e até obrigatórias, a uma candidatura à Câmara Municipal”

O ex-presidente da Assembleia Municipal de Oliveira, António Lopes, não se irá candidatar nas eleições …

A partir de hoje a origem do leite é obrigatória nos rótulos

A origem do leite, queijo, requeijão, iogurte, manteiga ou nata vai ser obrigatória nos rótulos …

  • Ti Manel

    Não tiveram tempo de fazer a estátua como devia ser? Um ano e vêem agora coloca-la à pressa por causa da festa de amanhã. Olhem para aqueles acabamentos, um escarro.
    Mais parece o oleiro do que a queijeira, metam lá uma placa: ‘Manel oleiro’. Valia mais terminarem como devia ser, pois tanto Ervedal como Vila Franca mereciam mais respeito. Se não estava pronta, pediam a da ‘Cristina’ emprestada até a “queijeira” ficar pronta como deve ser, é que assim, mais parece o “oleiro”, que é Ex Libris do Ervedal, enquanto que a “queijeira” é de Vila Franca.

    • Afinal é uma queijeira

      Tem piada, passei à pouco por lá e pensei que era o Oleiro, agora é que fiquei a saber que era a Queijeira.

      • Guerra Junqueiro

        Ervedal era conhecido pelo seu barro, pode muito bem a “chaminé” ser o motivo para a outra rotunda do Ervedal.

        Cumprimentos
        Guerra Junqueiro

      • Sérgio Correia

        Aviso aos empreendedores … necessita-se urgentemente de um oculista para esta zona …. ele é cada cegueta !!!

        • Quem é cego é rei

          Caro Sérgio, nesta terra não é cego quem quer, só o é quem pode.
          Noto que o caríssimo também gosta ou tem interesse em fechar os olhos a muita coisa. Enfim, interesses nebulosos ou pouco claros.
          Em algumas terras de cegos, quem tem olho é rei, aqui é bem diferente.

          • Sérgio Correia

            Repetindo o que já escrevi ….

            Não estás à espera que responda a quem não tem a hombridade de assinar
            com o seu nome, pois não ??? …… Ah já sei, tens medo das
            represálias, pois ,pois …….

          • Dois tempos

            Hoje vinha na minha CASAL de duas, acelerador a fundo, ao entrar na rotunda apanhei a estátua de lado, assustei-me, pareceu-me o “Ti Manel oleiro” em tronco nu. Reduzi, encavei-lhe uma abaixo e a meio da rotunda dou-me com a estátua de frente. Aí sim, nada tem a ver com o Ti Manel, umas feições muito mais distintas, podemos afirmar sem preconceitos que estamos na presença da queijeira.
            Voltei a dar gás à máquina e sai-o da rotunda, quando olho para trás para me certificar, não é, que já não vi queijeira, nem Ti Manel. Quase que ia jurar que era a minha querida avó a arriar o calhau.
            Será da vibração do motor?

          • PACHANCHO

            É de certezinha por causa dessas vibrações malignas dos motores CASAL que isso acontece, a fábrica esteve até para os recolher por causa disso.
            Olhe que eu, derivado a tais vibrações, cheguei a ver o lobisomem na rotunda da IRAL. Troquei logo para uma ZUNDAPP 4 turbina, é um motor muito mais estável e compensado. Deixei logo de ter esses problemas, repare que eu quando passo na rotunda da queijeira, o motor ajuda tanto que a estátua até me parece a expansão de Paige Bradley.
            Aconselho-o fortemente a trocar de motociclo, pois assim sujeita-se a ver coisas estranhas ao virar de cada esquina.

    • Sérgio Correia

      Vai ao oculista !!! Aonde leste ou quem te disse que estava pronta ??? E se não gostas da estátua (e tens direito a isso) deves saber que o modelo foi escolhido pelas queijeiras actuais.

      • Ti Manel

        O que é que não está pronto? A rotunda, nota-se a quilómetros que não está pronta. E a estátua, está? Ou ainda vai ser retocada após a obrigatória e esperada oxidação?
        O modelo está muito bom independentemente de quem a escolheu, acho que merecia acabamentos mais perfeitos.
        Já agora, onde vão pôr o Brasão que está à frente de sua casa? A queijeira tirou-lhe o lugar? E o do Ervedal que era para ficar na rotunda das bombas de gasolina, quando é feito? É que a parte que o Ervedal entregou pagou o que Vila Franca ficou a dever.
        Indo ao oculista fico a saber estas respostas?

        • Sérgio Correia

          Não estás à espera que responda a quem não tem a hombridade de assinar com o seu nome, pois não ??? …… Ah já sei, tens medo das represálias, pois ,pois …….

          • Ti Manel

            Claro que não estou. Eu reparei que não tinhas respondido anteriormente!!!
            Medo, não é?
            Sim, sim. Muito medo. Isto da hombridade, é um grande peso nos ombros…

  • Já percebi

    Ai é uma queijeira, ia jurar que era o Ti Manel Oleiro na vespa dele.

  • António Lopes

    Por norma não discute a imaginação do artista.Os meus conhecimentos não chegam para tanto. A minha esposa, que até pinta umas coisas, há dias ficou zangada porque eu via um buraco numa árvore onde ela via um livro.Depois de acesa discussão fomos para a frente do quadro e lá acabou por reconhecer que se calhar,não era tão “zarolho” assim.
    O que a mim me choca mesmo é não se olhar a meios para atingir fins.A doença do Narcisismo crónico de que padece o nosso Presidente de Câmara, aliado à tentativa cada vez mais frustrada de me isolar, levou-o a convencer a minha irmã a “botar faladura” na televisão” .Naturalmente fui de imediato informado e pedida opinião.Percebi o natural entusiasmo das pessoas em aparecerem na televisão de que não há pejo em explorar.Naturalmente aconselhei-a a ir, até porque, de direito próprio, dificilmente se encontrará melhor.Como muito bem argumentou o Senhor Presidente, para convencer. A Teresa “Minério” é efectivamente mãe de dois dos principais produtores de queijo .No conjunto mais de 150 toneladas ano.Do que se vende.Não do verdadeiro queijo da Serra.E , eu, não sou para imitações.Pese que comprei 21 kilos e toda a gente me dá os parabéns pela qualidade..Mas não é genuíno..! Como genuína não é a intenção do Senhor Presidente.
    Fui dizendo à mn ha irmã que a “guerra” é minha e me julgo capaz e suficiente para a ganhar.Aliás nunca me senti tão perto, até porque o tempo vai passando.Do que a Teresa “MInério” precisava mesmo, era dos esgotos da casa ligados, que já lá está a tabuleta da obra desde as eleições, e o esgoto nunca mais é.Do que precisava mesmo era de apoio para uma filha deficiente profundadesde que nasceu, que os poderes públicos pouco apoiam.
    Do que a Teresa “Minério” e todos os pastores e queijeiras precisam, é de apoio à produção e de escoamento do queijo, a preços de acordo com a qualidade do produto que produzem.Do que precisavam mesmo era de soluções dos problemas do ano todo, porque a quem vendam o queijo não lhes falta. Quanto à estátua o que conta é a intenção.Naturalmente , associa-mo-nos ao reconhecimentozito.O meu reconhecimento é a solução dos problemas que acabei de enumerar. De folclore temos todos a barriga cheia..!

    António Lopes

  • António Lopes

    Estava ainda no retemperamento de energias,vulgo “na cama”, recebo um matinal telefonema dizendo-me que, um jovem Munícipe, estava em risco de sr expulso de casa se se confirmasse que tinha almoçado comigo. O apelo era, como minimizar os estragos.Respondi que a melhor forma é a do costume.Divulgar e dizer a verdade.Assim ,para que eu fique mentiroso, protege-se o Jovem.E estou certo que assim vai ser.
    O grave é que a pessoa em questão é parente do secretário e mais antigon membro da Assembleia Municipal.E não há como negar, porque o dito almoço foi presenciado e constatado pelo Senhor presidente da Câmara que nessa peregrina luta de me isolar, cada dia me cria mais adeptos e admiradores.Mas como é que se isola um homem como eu..?
    Grave é a pergunta que se me coloca: Mas que raio de democracia é esta? Foi para ter um Concelho amordaçado que gastei 600 mil euros a colocar lá esta gente?
    Será disto que o Concelho precisa.

    Não deixei de meditar.É que tive o cuidado de avisar o jovem do risco que corria.Responde-me e deixou-me orgulhoso: “Ó Sr.António Lopes, era o que faltava ter que dar contas de com quem almoço”..! Pois mas teve que dar e com muita preocupação..!

    • João Albuquerque

      Então o Sr Presidente vai ter que engolir esse mau feitio, pois hoje quando passeava pela feira a dar o braço ao Marcelo, este libertou-se dele e veio dar-me um aperto de mão, coisa que não agradou ao Alexandrino. Vamos ver se também vai perseguir e deixar de falar ao Presidente da Republica.

      João Albuquerque

      • António Lopes

        Se for como é costume, a probalidade é elevada..!

      • Ave Rara

        Só mesmo o Marcelo para te cumprimentar pois na tua terra ninguém te cumprimenta nem te passam charuto….!

  • Ressabiado

    Ora então o Sr. Lopes diz que gastou 600.000€ para “colocar lá esta gente”.
    Bem, estou confuso, já o ouvimos algumas vezes a gabar-se o quanto é benemérito.
    Concluímos então que os objetivos são outros!
    O povo não necessita que lhe paguem para determinar a intenção de voto. São mais inteligentes do que isso, tanto mais que outros candidatos obtiveram melhores resultados e não tiveram a necessidade de comprar eleitores.
    Nem com tanta má língua consegue alcançar o que tanto deseja.
    Um abraço, sem medo de ser expulso da quinta dos segredos!

  • Bisgarolho

    Essa do oleiro demonstra grande capacidade de interpretação!
    1.º vê-se nitidamente que é uma figura masculina;
    2.º vê-se perfeitamente que é uma máquina de olaria tradicional, igualzinha à do “Manel Oleiro”;
    3.º vê-se perfeitamente que o eventual oleiro está a trabalhar com os pés no mecanismo de rotação da máquina de olaria;
    4.º vê-se perfeitamente que o dito oleiro está a trabalhar os famosos objetos do “Manel Oleiro”.

    Essa capacidade de desvirtuar a realidade é a mais pura evidência do que dizes e do que escreves.
    Nem mesmo sendo do Ervedal conheces o que é a olaria.
    Tenta espreitar o “Manel Oleiro” aí da janela. Ficas “bisgarolho” com tantas horas passadas a olhar para um ecran.

    • António Lopes

      Não comungo da opinião Faço uma outra leitura e acho que está bem consegido.

      Contudo e conhecido a meu gosto pela história a esta´tua que está no Rossio como sendo D.Pedro IV foi feita para o imperador Maximiliano do México.Mas como foi destituído virou D.Pedro IV. Perante os vossos maldosos comentários ainda me ocorreu esta.Mas não.Observem melhor e se facto sabem como se fazia o queijo,no meu tempo. visto de perfil era mais ou menos isto.Parabéns ao autor.

  • mjcreis

    Cresceram as mamas ao oleiro.

    • Maria mamuda

      Não percebo nada disto, não pode ser uma oleira? Embora me pareça que o Ti Manel tenha os peito maiores do que os da queijeira.

  • Lopetegui

    Tens que te assumir de vez, não podes andar só na má vida a dizer mal de quem te talhou as orelhas. Acho que deves assumir a tua candidatura contra o Alex e veres quanto vales. Se tiveres tanta coragem para dizer mal quanto capacidade para te assumires como candidato contra o Presidente da Câmara, acho que deves avançar e ele celindra-te como fez aos adversários anteriores. Anda, veste as calças e assume a tua candidatura contra o Alex….!

    • Lei é dura mas é Lei

      Ainda não leste o artigo que explica quem é o próximo candidato?
      O Alex antes de ser candidato ainda vai ter que explicar onde pára o dinheiro da BLC3, dos rios, das festas, enfim aquela história que tu sabes.
      O Alex já há muito que foi de vela, vamos ver se não acaba em Évora.

      • Antoine

        O Lopetegui tem razão, assuma-se de uma vez como candidato contra o Prof. Alexandrino!

        • António Lopes

          E o Prof.Alexandrino é candidato? Eu acho que não vai ser…A menos que vivamos numa Republica de bananas e num Concelho de néscios..! Mantenham a calma…

    • António Lopes

      Pois mas o “cilindro” que ele usou “cilindrou” os outros e também o vai “cilindrar a ele”. Quem é o que o conhecia fora do mundo da bola e da Cordinha? Isto de andar a pagar almoços a toda a gente com os impostos dos próprios como aconteceu ontem e hoje e não só também tem regras.E tentei que ele as conhecesse.Eu mandei a quem de direito os nºs de 2012.Sabe quanto foram os almoços da feira de 2012? 30 248 00 euros.Como o Diniz cobrou 6 euros veja quantos foram.E ao abrigo de que lei? Mas ainda se pagaram mais uns jantares e umas dormidas através de subsídio a juntas.É assim que se ganham eleições.Primeiro não corta o IRS nem o IMI como fizeram os nossos vizinhos.Depois paga um almocito de 6 euros e batem-lhe palmas.Eu não quero governar gente que não tenha capacidade de descortinar isso.E recusei-me a alinhar nessa pouca vergonha.Sabe quanto gastam no apoio à natalidade por ano.35 mil euros.No apoio aos estudantes do ensino superior de famílias carenciadas 50 mil.A festa acaba logo.As crianças e os estudantes precisam de apoio o ano inteiro.Comigo, se me candidatar já sabe o que muda.E haverá festa do queijo mas com queijo que eleve a qualidade e o nome.Não com o que se deixa vender na feira e que todos os anos revolta os verdadeiros pastores e queijeiras.Pergunte ao Rogério e à Paula Lameiras.Arganil não faz feira do queijo tem 14 mil habitantes e vende 45 mil dormidas.Esta “farmalha” toda vende 15 mil e há quem ache um sucesso.Sou um pouco mais exigente…
      Depois o tempo de assumir as candidaturas ainda está muito longe. Antes disso ainda o Alexandrino vai conseguir o IC6. e médicos que não sejam tetraplégicos nem grávidas e se conseguir aí, de facto, já não faço falta.Diga-me é uma obra relevante que ele tenha feita que não tenha sido deixada por Mário Alves e com o dinheiro no banco…Eu sou difícil de adormecer e conheço bem o que se faz.Agora é o Paulo Mendes que vai sofrer por vir falar de negócios e almoçar comigo.É isto que querem ara presidente..? Bons de boca…

      • Lopetegui

        Julgo que léria tem de sobra, mas assumir-se como candidato contra o Sr. Alexandrino, tá quieto….é mais fácil falar.

  • Acredita se quiseres

    Antoine/Lopetegui/Ave Rara, como é o mesmo não vale a pena gastar muito latim.
    Vais ter uma equipa apoiada por todos os sectores. Estás satisfeito. E vou-te dizer, é pena o Alex não ter coragem de ser o candidato, porque era esmagado. Vais ver o que está para sair.
    Se não for pela Lei, é pela verdade, mais te digo: “O Alex nem de noite dorme” quanto mais ser candidato. Temos pena, que tivesse sido honesto. Como já está de saída forçada, ate gasta mais de 200 mil na festa dos queijos.

  • António Lopes

    Neste momento estou concentrado nos negócios em Cabo Verde, onde passo mais de metade do meu tempo.O ordenado de presidente de Câmara não paga meio dia dos meus rendimentos.Essas cargos e esses empregos, infelizmente, salvo raras e honrosas excepções, são para quem ganha menos que isso e algumas vezes, para quem tem dificuldades até, de se empregar.Candidato serei se as condições se criarem mas nunca a cargos executivos.Já o disse há muito tempo e eu, só tenho uma palavra.Poderei ser candidato ao lugar para que o Povo me elegeu e de onde fui compelido pela falta de cultura democrática, que se instalou.Se o for, será com uma equipa que se proponha e aceite aquilo que são os meus valores, onde o emprego é consequência da capacidade, do mérito e do respeito pela legalidade jurídica e cívica.Terá que ser um programa que privilegie o social e o desenvolvimento em prejuízo das festas e da bola, sem ter que descurar estes sectores.Antigamente as festas eram para arranjar dinheiro.Agora são para gastar. Pode apoiar-se as freguesias e colectividades, no desporto pelo desporto, em prejuízo da competição paga e nada rentável.Pode apoiar-se mais os pastores e menos o folclore da festa.Daqui a duas semanas já peço as contas.As directas e as indirectas e já vêm a pancada. Valha-nos a presença do Senhor Presidente da Republica eleito cuja generosidade, com a sua presença, salvou a coisa… Em suma um programa de trabalho, competência e desenvolvimento em vez do compadrio e do folclore.Se encontrar que se comprometa, por escrito, com esta política talvez.De outro modo a política tem sido uma opção não uma necessidade. Estão esclarecidos..?

    • Vermelhão

      Isso é que é falar. Quem fala assim não é gago. Mas cuidado que com esses rendimentos todos, os camaradas arranjam já uma taxa de 75% de IRS.

  • Mancamulas

    A queijeira é vilafranquense! Ali ficava bem era um penico de barro!

  • António Lopes

    Sim mas o senhor presidente tem os melhores pastores, as melhores queijeiras, os melhores pastos e por isso tem o melhor queijo da serra. Alíás é tudo o melhor do Mundo.O que se chama um “vendedor de banha da cobra, sem aulas de formação” É tudo o melhor do Mundo… até a estupidez e ignorância…O homem não compreenderá que um presidente de Câmara com aquele discurso só se descredibiliza a ele e ao produto, que não precisa de propaganda..?