ESTGOH fica-se pelos sete alunos na 3ª fase de acesso ao ensino superior

 

A terceira fase de acesso ao ensino superior traduziu-se no pior resultado da candidatura para o novo ano letivo. Depois de na primeira fase terem sido colocados 36 alunos e na segunda 29, o terceiro momento de colocação acabou por se revelar o mais desastroso, nem chegando a conseguir uma dezena de colocados.

Administração e Finanças conseguiu colocar quatro alunos e Engenharia Informática apenas dois. Mais negros são os números em torno de Administração e Marketing que colocou um aluno. A zero ficou Gestão Integrada em Qualidade, Ambiente e Segurança.

Num cenário de reduzida efetivação de matrículas, a Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) partiu para a terceira fase com 104 lugares vagos e apenas preencheu sete. Por ocupar continuam 97.

O correiodabeiraserra.com já tentou obter uma apreciação do presidente da ESTGOH aos números hoje divulgados, mas até ao momento tal ainda não foi possível.

Contudo, por ocasião da divulgação dos resultados da fase anterior, Jorge Almeida já teve a oportunidade de adiantar a este jornal que os resultados “são negativos para a ESTGOH”, não descurando porém que não se trata de um problema que afeta apenas a escola, mas as escolas do interior de um modo geral.

O responsável também não deixou de considerar que os resultados sejam reflexo do clima de instabilidade por que passa a ESTGOH, decorrente da ameaça de encerramento de que foi vítima em agosto passado.

A redução do número de alunos da ESTGOH é um problema que também preocupa o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que, em reunião da última Assembleia Municipal disse temer que tal facto possa ditar o encerramento da escola afeta ao Instituto Politécnico de Coimbra.

“O que poderá levar ao fecho da escola é o número de alunos”, afirmou, na ocasião, José Carlos Alexandrino, lembrando que é, exatamente, pelo mesmo motivo que fecham as EB1 por todo o país. Para o presidente, a solução deverá passar pela melhoria da oferta formativa da escola, com o objetivo de atrair mais alunos.

LEIA TAMBÉM

EPTOLIVA distinguida nos prémios Ciência na Escola

A EPTOLIVA (Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil) foi a escola da …

Os pais da exclusão… Autor: Renato Nunes

Biblioteca Nacional de Lisboa, 29 de Setembro de 2017. Depois de mais um dia de …