ESTGOH: “Os resultados são manifestamente negativos e em nada nos satisfazem”

 

Em face de uma terceira fase de acesso ao ensino superior que se revelou desastrosa para a Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital, o presidente do estabelecimento de ensino superior afeto ao IPC admite trataram-se de “resultados manifestamente negativos”.

“Em nada nos satisfazem”, adiantou há instantes Jorge Almeida ao correiodabeiraserra.com que, apesar de contar com apenas sete alunos colocados na terceira fase de acesso, considera tratarem-se de resultados “excelentes”, quando comparados com escolas congéneres do interior e, “maus” se comparados com escolas do litoral.

Para Jorge Almeida, a dura realidade por que está a passar a escola não se esgota na ESTGOH e atinge o ensino superior público de um modo geral. “Continuam a sobrar largos milhares de vagas”, constatou o responsável da escola que considera que os baixos índices de colocação na ESTGOH justificam o trabalho de reorganização de oferta formativa que está a ser desencadeado.

“Volvidos 10 anos desde o arranque da escola, há de facto necessidade de reestruturar”, considerou, notando que agora, que está identificado o problema, é “preciso passar à ação”.

Jorge Almeida revelou que está a ser realizado um trabalho de reestruturação da oferta formativa junto do IPC, mas alertou para a lentidão que está associada a um processo desta natureza.

O período de realização de matrículas dos alunos colocados na terceira fase termina amanhã. Contudo, pese embora alguns recuos já manifestados por alunos colocados, Jorge Almeida acredita que, no conjunto das três fases de acesso, a ESTGOH consiga totalizar 60 matrículas efetivadas.

“Fica aquém dos números conseguidos em anos anteriores, mas também está a acontecer o mesmo com outras escolas do Instituto Politécnico de Coimbra”, observou.

LEIA TAMBÉM

Os pais da exclusão… Autor: Renato Nunes

Biblioteca Nacional de Lisboa, 29 de Setembro de 2017. Depois de mais um dia de …

Coligação liderada pelo CDS preocupada com empreitada da retirada do amianto das escolas de Oliveira do Hospital

A Coligação Construir o Futuro (CDS-PP / MPT / PPM) está “preocupada e apreensiva” com …