Ex-Scut do Interior são as que geram mais receitas

As duas ex-Scut das Beiras (A23 e A25) e a do Interior Norte (A24) geraram receitas de 26,2 milhões de euros de Janeiro a Março, explica a edição de hoje do Jornal de Notícias. As duas vias mais rentáveis foram a A25 (Aveiro a Vilar Formoso) e a A23 ( de Torres Novas à Guarda), com receitas, respectivamente, de 11,5 e 10,5 milhões de euros.

Além do número de veículos, também o tipo de tráfego terá sido decisivo para esta elevada rentabilidade. A Estradas de Portugal (EP) embolsou um total 76,3 milhões de euros em portagens neste período, sendo que as ex-Scut foram responsáveis por 70 por cento deste valor. Ou seja, as vias do Interior são responsáveis por quase um terço da receita.

LEIA TAMBÉM

AVMISP avisa, após reunião Marcelo Rebelo de Sousa, que falta de apoios pode levar empresas afectadas pelos incêndios a encerrar

A Associação das Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP) lamentou hoje, na …

Ano de 2017 foi o melhor de sempre para o turismo no Centro de Portugal

O ano de 2017 foi o melhor de sempre para a atividade turística no Centro …