Ex-Scut do Interior são as que geram mais receitas

As duas ex-Scut das Beiras (A23 e A25) e a do Interior Norte (A24) geraram receitas de 26,2 milhões de euros de Janeiro a Março, explica a edição de hoje do Jornal de Notícias. As duas vias mais rentáveis foram a A25 (Aveiro a Vilar Formoso) e a A23 ( de Torres Novas à Guarda), com receitas, respectivamente, de 11,5 e 10,5 milhões de euros.

Além do número de veículos, também o tipo de tráfego terá sido decisivo para esta elevada rentabilidade. A Estradas de Portugal (EP) embolsou um total 76,3 milhões de euros em portagens neste período, sendo que as ex-Scut foram responsáveis por 70 por cento deste valor. Ou seja, as vias do Interior são responsáveis por quase um terço da receita.

LEIA TAMBÉM

Ano de 2017 foi o melhor de sempre para o turismo no Centro de Portugal

O ano de 2017 foi o melhor de sempre para a atividade turística no Centro …

PSA anuncia produção de carros de lazer na fábrica de Mangualde

Depois de ameaçar encerrar a produção em Portugal, o grupo francês PSA aumenta a pressão …