Ex-Scut do Interior são as que geram mais receitas

As duas ex-Scut das Beiras (A23 e A25) e a do Interior Norte (A24) geraram receitas de 26,2 milhões de euros de Janeiro a Março, explica a edição de hoje do Jornal de Notícias. As duas vias mais rentáveis foram a A25 (Aveiro a Vilar Formoso) e a A23 ( de Torres Novas à Guarda), com receitas, respectivamente, de 11,5 e 10,5 milhões de euros.

Além do número de veículos, também o tipo de tráfego terá sido decisivo para esta elevada rentabilidade. A Estradas de Portugal (EP) embolsou um total 76,3 milhões de euros em portagens neste período, sendo que as ex-Scut foram responsáveis por 70 por cento deste valor. Ou seja, as vias do Interior são responsáveis por quase um terço da receita.

LEIA TAMBÉM

Primeiro-ministro vê nas biorefinarias uma “oportunidade” para aproveitar a floresta e elogia trabalho desenvolvido na BLC3

O primeiro-ministro destacou ontem na inauguração do Campus de Tecnologia e Inovação BLC3, em Oliveira do …

António Costa remete construção do IC6 para “quando haja condições financeiras”

O primeiro-ministro não se compromete com uma data para a construção do IC6 entre Tábua …