Executivo reúne em sessão extraordinária para discutir Orçamento e GOP para 2012

 

Não deverá ultrapassar os 18 milhões de Euros a proposta de Orçamento e Grandes Opções de Plano que o executivo municipal de Oliveira do Hospital se prepara para discutir, amanhã, em sessão extraordinária.

Isto mesmo já tinha sido assegurado pelo presidente da Câmara Municipal na última reunião pública da autarquia, onde deu como certa a necessidade de “cortes na área financeira”. O objetivo, garantiu, José Carlos Alexandrino é o de pôr fim a “desperdícios” que agudizam as contas do município. À onda de cortes não deverão escapar as freguesias, onde – de acordo com Alexandrino – “é preciso fazer reajustamentos” ao nível dos subsídios atribuídos.

Na sessão extraordinária que esteve inicialmente marcada para 21 de novembro, deverá estar também em discussão um orçamento de “forte matriz social”.

“Reitera-se esta ideia em resultado das medidas de austeridade e dificuldades financeiras que as famílias atravessam”, referiu há instantes o vice-presidente da Câmara Municipal ao correiodabeiraserra.com, dando também como certa a redução daquilo que são as Grande Opções do Plano e obras a concretizar em 2012.

As grandes linhas orientadoras do Orçamento e GOP que amanhã vão ser alvo de apreciação e discussão já são do conhecimento de cada um dos vereadores que integram o executivo. O mesmo acontece com todas as forças políticas concelhias, incluindo o CDS – não tem assento na Assembleia Municipal –  às quais, na passada sexta-feira foi dada a conhecer a proposta.

Depois de avaliada em sede de executivo, a proposta de Orçamento e GOP passará pela apreciação e votação dos deputados municipais em reunião da Assembleia Municipal que deverá ter lugar no próximo dia 17 de dezembro.

LEIA TAMBÉM

Silêncio do Governo sobre IC6 no lançamento da requalificação do IP3 deixa José Carlos Alexandrino desagradado

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do hospital mostrou-se “bastante desagradado” com o Governo, …

SONAE (Ai – Ai …) Ou em como o “ouro” de uns é o nosso prejuízo!

CDU vê aprovado na Assembleia da União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca da Beira voto de protesto contra falta de apoio das autoridades às vítimas dos incêndios

O eleito da CDU na Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Ervedal e …