Exploração comercial da Rádio Boa Nova entregue a antigos colaboradores

 

A única proposta de exploração comercial apresentada, ontem, em Assembleia Geral da Cooperativa Rádio Boa Nova recebeu luz verde por parte dos cooperantes.

Em causa está um projeto que reúne cinco antigos colaboradores daquela estação emissora que, para além da exploração comercial, pretende revitalizar a rádio que se prepara para comemorar 25 anos de actividade.

Não se esgotando na vertente rádio, o projeto ontem apresentado e do qual faz parte o conhecido rosto daquela estação, Albino Rodrigues, pretende ir mais longe no domínio da comunicação social e abranger mais três plataformas: televisão, internet e jornal.

Já com um registo ao nível de televisão e internet, a forte aposta do grupo de colaboradores vai recair no jornal. “A ideia é termos, ou participarmos num jornal”, afirmou Albino Rodrigues ao correiodabeiraserra.com, deixando claro que o objetivo do projeto em que participa é o de “união de sinergias” e de “abertura a parcerias”.

“Não queremos tirar o espaço de ninguém, queremos rentabilizar recursos”, continuou o responsável, destacando que o interesse da equipa que o acompanha é o de fazer com que “a RBN deixe de ser uma rádio dentro de quatro paredes, para passar a ser uma rádio fora de paredes”. Com ideias para conseguir fazer face à crise que afeta o país em geral e, os órgãos de comunicação social em particular, o novo projeto que vai garantir a exploração comercial da RBN visa a angariação de receitas destinadas a fazer face às despesas, e prevê a aplicação de eventuais lucros em beneficio da estação emissora e até de distribuição junto de entidades de solidariedade social.

Assegurando a continuidade dos recursos humanos ao serviço da Cooperativa Rádio Boa Nova, a equipa de colaboradores pretende, entre outros aspectos, reavivar a área desportiva e retomar o espaço que já em tempos disponibilizava a outros órgãos de comunicação social.

“Não podemos andar de costas voltadas”, sublinhou Albino Rodrigues, destacando o empenho do empresário António Lopes, administrador do diário digital Correio da Beira Serra que, neste processo, “sempre se disponibilizou e foi sempre parte da solução e não do problema”.

O início da exploração comercial deverá ocorrer durante o próximo mês e antecipar a próxima Assembleia-geral marcada para 26 de março.

Quando de aproxima a comemoração dos 25 anos da RBN, a equipa que se prepara para avançar com exploração comercial está empenhada na organização de “um grande evento”, capaz de reunir “todos aqueles que contribuíram para que a rádio fosse aquilo que é hoje”.

Participado por duas figuras da rádio a nível nacional, o jantar de aniversário, que conta juntar cerca de duas centenas de pessoas, é ainda destinado “à angariação de alguns fundos”.

LEIA TAMBÉM

Dominado fogo que hoje se reacendeu em Tábua

O incêndio florestal que deflagrou na terça-feira no concelho de Tábua, que esteve em fase …

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Incêndio de Tábua reacendeu-se e mobiliza centenas de bombeiros

O incêndio que ontem deflagrou em Tábua, está novamente activo. O reacendimento aconteceu ao início da tarde …