Expofacic custa 1, 2 milhões de Euros e traz James Morrison a Cantanhede

“A Expofacic é a maior feira do género no país, e não somos nós que o dizemos, é uma constatação de um facto, é o que nos vai sendo transmitido por quem visita outras feiras”, afirmou ontem o presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, João Moura.

De acordo com informação avançada hoje pelo Jornal de Notícias, a 20ª edição da Expofacic vai ter ainda um espaço designado por “Aldeias de Portugal”, que vai contar com a presença de quatro regiões de turismo: Porto e Norte, Alentejo, Lisboa e Vale do Tejo e Centro.

Numa área total de 85 mil metros quadrados, a Expofacic – Feira Agrícola, Comercial e Industrial de Cantanhede, disponibiliza 625 espaços de exposição. A três meses da realização do certame, apenas cinco daqueles espaços estão por ocupar.

A 20ª edição da Expofacic arranca no dia 23 de Julho com actuações de Buraka Som Sistema e DJ Vibe. À semelhança de anos anteriores, o primeiro-ministro José Sócrates foi convidado para a inauguração. “Vamos ver se é desta que inaugura a Expofacic, uma vez que já esteve na Ovibeja e noutras feiras do género”, referiu o presidente da autarquia, que espera que, dentro de dois anos, a feira possa acontecer num novo recinto. “Estamos a ultimar o projecto para o futuro parque de exposições, e fizemos uma candidatura no âmbito do projecto Mais Centro”, revelou.

Do programa do certame consta ainda a participação de Rui Veloso e Xutos e Pontapés nos dias 24 e 25 de Julho, respectivamente. Os portugueses D’ZRT actuam a 26, enquanto Amália Hoje e Ana Moura assumem o palco no dia 28. José Cid é o intérprete convidado para o dia 29, com os Ídolos, constituídos pelos 10 finalistas do programa da SIC, a actuarem a 30 de Julho. Presente, de novo, em Cantanhede, Tony Carreira vai encerrar pela primeira vez a Expofacic. O concerto está programado para o primeiro dia de Agosto.Diariamente, o palco quatro vai estar entregue a diferentes DJ’s.

O acesso diário à feira, incluindo para os espectáculos, vai custar três euros, ou seja, mais 50 cêntimos que o valor praticado em 2009. Para o espectáculo de James Morrison, marcado para 31 de Julho, os bilhetes valem oito euros, custando menos um euro para o dia em que a banda de tributo aos Pink Floyd sobe ao palco da Expofacic. O bilhete geral, que garante entrada para os 10 dias, custa 34 euros.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …