EXPOH arranca amanhã e pretende fortalecer centralidade de Oliveira do Hospital na Beira Serra

 

Oliveira do Hospital em geral, e o Parque do Mandanelho, em particular preparam-se para acolher a segunda edição da EXPOH- Feira Regional de Oliveira do Hospital.

Quando faltam pouco mais de 24 horas para a abertura do certame – a inauguração acontece amanhã, pelas 16h00 – as várias equipas destacadas para pôr toda a estrutura a funcionar, ultimam os preparativos e são já muitos os oliveirenses que aguardam pelo artista que, na primeira noite, vai subir ao palco do Mandanelho, Emanuel.

O conhecido artista de música pimba, que conferiu uma nova roupagem aos seus espetáculos abre o cartaz cultural que, para domingo reserva a presença dos Golpes. Pólen, Gabriell, Alta Frequência e Cuca Roseta são os nomes que se seguem em palco a partir de 20 de julho e que, no último dia, 24 de julho, se vai estrear com um artista internacional. Trata-se do britânico Lloyd Cole, antigo líder dos Lloyd Cole and The Commotions.

Os artistas que vão passar pelo palco principal do Mandanelho constituem apenas uma das partes que integra o certame, que em 2010, teve a sua estreia em Oliveira do Hospital. Aos grupos locais também vai ser dado destaque especial, através de um segundo palco que, este ano, surge em jeito de novidade e que vai estar localizado na zona da restauração.

E é precisamente esta, uma das zonas, que na presente edição beneficia do conjunto de melhorias adaptado ao evento, já que vai passar a dispor de uma área com maiores dimensões, permitindo uma maior afluência de público a esse local destinado aos comes e bebes.

Com um maior número de expositores (113) e de stands (144), a EXPOH dá visivilidade às várias áreas de atividade existentes no concelho e região. Indústria, comércio, serviços, associações, clubes, artesanato e instituições são alguns dos setores representados com o objetivo de divulgar as potencialidades e as mais valias do concelho de Oliveira do hospital.

Em período de contenção financeira, também a EXPOH vai para o terreno com um orçamento inferior ao do ano passado – centra-se nos 50 mil Euros – mas não deixa de ser vista pela organização como uma feira com sucesso garantido.

“Temos motivos para crer que a edição de 2011 da EXPOH conseguirá igualar, ou memo suplantar, o sucesso e a dinâmica conseguidos na primeira edição”, considera o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, na expetativa de que durante os nove dias o certame “volte a ser o ponto de encontro para onde convergem as estradas da região”, tornando Oliveira do Hospital no “ponto central da região da Beira Serra”.

Trinta mil pessoas é a fasquia que a organização estabelece relativamente ao público que, durante o certame, vai acorrer ao Parque do Mandanelho.

Tomando a Expofacic, em Cantanhede, como um exemplo a seguir, o presidente da Câmara Municipal reconhece a necessidade de o certame oliveirense evoluir para um patamar profissionalizado, de modo a garantir o desejado reconhecimento nacional.

Do cartaz da EXPOH 2011, consta ainda a programação da Exposocial e da Cultjovem, com destaque para o 1º Convívio de Karting Urbano que vai acontecer no dia 23 de julho.

A EXPOH vai ainda contar com a visita oficial do secretário de Estado Adjunto da Economia e do Desenvolvimento Regional, Almeida Santos. Tal vai acontecer no dia 22 de julho, pelas 19h00.

A entrada no certame tem um custo associado de 2,50 Euros/ dia, com excepão dos dias 18 e 19, em que as entradas são gratuitas.

LEIA TAMBÉM

Oliveira do Hospital recebe final da etapa da Volta a Portugal de homenagem às populações afectadas pelos incêndios e Marcelo acompanha caravana

A 80.ª edição da Volta a Portugal em bicicleta vai passar por alguns concelhos afectados …

FPF entregou casa reconstruída a família de Oliveira do Hospital

Uma família de Oliveira do Hospital recebeu hoje a casa onde vivia antes dos incêndios …