FAAD apela à entrega de 0,5 por cento de IRS para apetrechamento da nova sala do Bloco Operatório

Autorizada a auferir de meio ponto percentual do total do IRS de cada contribuinte, a FAAD apela à população para que faça reverter aquele valor – 50 cêntimos por cada 100 Euros – a favor da instituição, que com ele pretende adquirir equipamento para a nova sala do Bloco Operatório.

Tal intenção deverá ficar expressa no modelo da declaração, acompanhada pelo número de contribuinte da FAAD.

Em nota enviada ao correiodabeiraserra.com, a FAAD explica que tal acto está previsto na alteração da Lei 16/2001, que veio permitir que determinadas instituições sem fins lucrativos tivessem a oportunidade de lhe ser consignado 0,5 por cento do imposto sobre o rendimento de pessoas singulares, como receita para as suas actividades.

Numa altura em que já obteve luz verde para essa possibilidade, a FAAD está confiante na “responsabilidade social” dos contribuintes, que devem declarar essa intenção, por ocasião da entrega de declarações, no período que inicia a 1 de Fevereiro de 2010 e termina em meados de Maio.

Posteriormente, a FAAD divulgará o valor que lhe foi entregue pelo ministério das Finanças e, quais os investimentos que foi possível realizar e consequentes vantagens para a população.

LEIA TAMBÉM

Da promessa à efetiva criação do Plano Nacional para as demências. Autor: José Carreira

A Alzheimer Portugal há muito que tem vindo a defender um Plano Nacional para que …

Adopção de estilo de vida saudável pode reduzir risco de doença de Alzheimer. Autor: Ana Margarida Cavaleiro

Os hábitos que adotamos na vida podem fazer uma grande diferença na nossa saúde, assim …